Conservatória dos registos : utentes esperam mais de 30 dias para obterem documentos prediais ou comerciais.

7/05/2014 07:50 - Modificado em 7/05/2014 07:50

documentosOs utentes da Conservatória dos Registos de São Vicente aguardam mais de 30 dias para obterem documentos prediais ou comerciais.

 

Gisela diz que pretende abrir um negócio e aguarda há mais de três semanas para ter em mãos uma certidão comercial e para exercer a actividade, o documento é obrigatório. Todavia, está a pagar o aluguer do espaço onde irá realizar o seu negócio.

 

João adianta que “a situação é extremamente complicada. Não é possível que antigamente, com outras condições, levantar um documento era instantâneo, mesmo elaborado manualmente. Actualmente, com todas as facilidades dos sistemas informáticos, somos obrigados a esperar 30 dias para obtermos um documento do registo predial”.

 

“Estive várias vezes na Conservatória para receber uma certidão e, até agora, nada. Dependemos da decisão da cidade da Praia para tratar de diferentes documentos. Antigamente, obter um determinado documento demorava alguns dias, nem tanto quanto agora que os mesmos têm de ser tratados na ilha de Santiago. É inaceitável que, mesmo depois de ter sido feito o pagamento do documento, tenhamos de aguardar tanto tempo para o receber e tratar dos assuntos a serem resolvidos”, adianta Maria de Lourdes indignada.

 

A desanexação de terrenos é também uma das reclamações dos utentes. Há cerca de cinco meses, devido à introdução dos novos sistemas informáticos na Conservatória, muitos utentes não têm conseguido fazer a desanexação porque existe um problema no sistema informático que não permite elaborar como deve ser o referido documento.

 

Segundo o entrevistado pelo NN “a situação não pode continuar porque a ilha de São Vicente está a ser penalizada por decisões arbitrárias da cidade da Praia. Depois de tanto tempo à espera por uma desanexação, não existe solução para a resolução do mesmo. Emigrantes e pessoas doentes em estado de saúde debilitado não conseguem adquirir o documento mesmo que efectuem o pagamento pelo valor exigido pelo novo sistema. É necessário criar condições urgentes para resolver esse problema que paralisa os serviços no Mindelo”.

 

  1. Humberto

    Isto é mesmo verdade. Parece que estamos agora a fazer o caminho inverso, isto é, a voltar para traz.
    As pessoas que estão a procura de um credito para habitação como é o meu caso estão tendo enormes problemas devido ao atraso em obter uma certidão predial para compilar a outros documentos exigidos pelos bancos (cerca de 30 dias ou mais).
    Neste sentido solicitamos as autoridades deste país para resolver este problema de forma que tudo possa correr com maior celeridade.

  2. Indignado!

    Estou a espera de uma Certidão na Conservatória dos registos há precisamente 79 dias Certidão essa que dependo para comprar um imóvel para habitação própria.
    Deveriam já agora averiguar o INPS que para elaborar uma Declarção de Dívida tem- se que esperar dias e mais dias, pois quem elabora o referido documento São os serviços na Praia. Pergunto como é possivel que sou contribuinte em São Vicente tenho que ficar a mercê da Praia para receber o devido documento aqui em São Vicente?
    ABUSO TOTAL.

  3. INDIGNADO!!

    O publico de São Vicente tem que entrar no activo e por termino a esta situação de abuso e marasmo que se encontra a nossa função publica e não só, exigir rapidez com eficiencia nesses serviços que a todos nós deixa muita falta. Como é possivel isto estar a acontecer em Cabo Verde. A união faz a força.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.