Conservador dos Registos, : Introdução de novo sistema informático paralisa entrega de documentos

7/05/2014 07:42 - Modificado em 7/05/2014 07:42

InformatizacaoCarlos Silva, Conservador dos Registos, reconhece que tem havido um longo atraso na entrega dos documentos do registo predial devido à introdução de um novo sistema de informatização desde Fevereiro do ano corrente.

 

Para o Conservador, “o processo de aprendizagem do novo sistema põe em causa o adiantamento dos processos, porque dependem tecnicamente dos serviços da NOSI na cidade da Praia. Quando uma inscrição sai sobre uma outra há problemas e não há soluções informáticas. Para o resolver, temos de aguardar. Para além do processo de aprendizagem durante dois meses, a complexidade do processo predial é extremamente complicada, motivo pelo qual os utentes têm estado a aguardar.

 

Quanto ao processo de desanexação, passa-se a mesma coisa. Adianta que “é uma situação pontual devido a um erro informático que consiste na quadruplicação do valor real pago pela desanexação. Ou seja, o sistema informático quadruplicou o valor real de 6 mil escudos para 24 mil escudos, o que traz problemas sérios na contabilidade e, em São Vicente, não existem mecanismos para resolver o problema que só deverá ser resolvido pela NOSI”.

  1. Humm

    Só agora começou……ainda não viram nada……. a partir de agora vai ser problemas atrás de problemas……..”Welcome to the hell of systems”…..

  2. Humberto

    Pelo amor de Deus…
    Este problema é grave. Se é a NOSI é que pode resolver tem de solicita-lo neste sentido. Os utentes não podem ficar aguardando por resolver negócios e assuntos sem ter ideia de quando o problema será resolvido.
    Muitas pessoas e empresas estão paralisadas. Isto não pode estar acontecendo.

  3. Santo Antão

    Cabo Verde decididamente é um “case study”…. Em toda a parte do mundo (civilizado), as TIC – Tecnologias de Informação e Comunicação são aplicadas aos processos exatemente para facilitar a vida aos cidadãos, sobretudo no relacionamento com a Administração Pública (e-Goverment). Em Cabo Verde é exatamente o contrário…. Aqui, Sistematização=Centralização=Praia=Atraso na vida. Quem pedir algum documento a uma instituição cuja coordenação esteja na Praia, prepara-se para o stress…uma simples delcaração do INPS, das Finanças, Registos, etc (coisas públicas), tem que ser autorizada pela sua Majestade, Dom Praia Capital. Esta é a visão de desenvolvimento do nosso país…

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.