CTT sem dinheiro para pagar de imediato transferências de dinheiro via MoneyGram

7/05/2014 07:24 - Modificado em 7/05/2014 07:26

Correio SVDeveria ser um serviço rápido no estilo ” toma lá da cá”.Mas os correios em São Vicente estão a demorar mais de dois dias para pagar as transferências dinheiro efectuadas via MoneyGram.

 

O NN apurou que os utentes dos Correios de Cabo Verde no centro da cidade do Mindelo se queixam da falta de dinheiro enviado do estrangeiro, através da MoneyGram .Alguns entrevistados pelo NN dizem que é um constrangimento e uma perda de tempo e querem o dinheiro a tempo nas suas mãos.

 

O NN entrevistou alguns utentes à porta dos Correios de Cabo Verde no centro da cidade do Mindelo que alegam a falta de dinheiro sempre que vão levantar dinheiro enviado do estrangeiro, através da MoneyGram. “Vim receber um dinheiro que me enviaram do Luxemburgo e o dinheiro já acabou”, explica Edimara Santos que diz que há dois dias que está a tentar receber o dinheiro e esteve durante muito tempo na fila à espera da sua vez, “mas infelizmente perdi o meu tempo, o dinheiro acabou”. Edimara acrescenta que está a precisar do dinheiro de imediato, por isso, é um grande constrangimento.

Joana Dias adianta que essa situação já aconteceu com ela várias vezes, porque “os meus filhos colocam o dinheiro para pagar algumas despesas, mas não consigo pagá-las a tempo, nunca há dinheiro”. Dona Joana diz que ficam muito tempo à espera e, depois, dizem que o dinheiro acabou, mas “se é um serviço rápido tem de haver dinheiro sempre que precisamos”.

Luís Neves acredita que tratando-se de um serviço público e que supostamente é rápido, deveriam ter sempre o dinheiro à disposição das pessoas, “deveria haver sempre dinheiro disponível e não esperar para depois das 14 horas”.

Por seu lado, Rosilene Cruz conseguiu receber o seu dinheiro, mas diz que “já vim receber o meu dinheiro e disseram-me que não tinham dinheiro”. Ela adianta que “o serviço tem de ser rápido, porque precisamos desse dinheiro e é por isso que recorremos a este sistema e, se é rápido, já estamos a contar com ele”.

Transtorno
Andreia Silva diz que devido à falta de dinheiro nos Correios já está com a renda atrasada: “é a primeira vez que isso acontece mas é muito constrangedor, confirmei que pagaria na segunda-feira, mas ainda estou à espera dos Correios”. Ela acrescenta que, além disso, tem outras despesas que estão atrasadas.
Simone Nascimento, estudante Universitária diz que espera o dinheiro para liquidar a propina, “tenho de conseguir levantar o dinheiro para pagar, porque senão, pago a multa na Universidade”. Para Simone, tem-se de ver essa questão porque sabem da quantidade de pessoas que esperam dinheiro.
Tentamos ouvir a reacção de um responsável dos Correios no Mindelo, mas este não tem autorização para dar nenhuma informação. Contactámos a Directora Comercial dos Correios na Praia, Jassica Tavares mas ela só pode responder por e-mail ficando por conhecer a sua reacção nas próximas edições do jornal.

  1. DiPraia

    Tudo está virando de pernas para o ar! É o serviço de registo 30 dias para emitir certidão…é o INPS a recusar receitas médicas…..agora é os Correios sem dinheiro para transferência, que supostamente é imediato….
    Só o cego ( e os fanáticos políticos) não veem a situação…de mal a pior! Deus nos acuda

  2. santos

    é pura verdade, o servoço esta de pessima qualidade na momento de receber o dinheiro, a tempos um tive um semana ta tenta tma um dinher, isso não pode continuar, Nesse caso jal an ne um serviço ta servi gente. Quem é de direito por favor resolvel, no ca pode fca prejudicod,

  3. brito

    pior é kel crreio de alto sentina kel anton é kta serviço pessoal ribrinha, em nenhum momento el tem dinher

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.