Atendimento diferenciado : pacientes acusam médicos de mau atendimento no HBS e excelente nos seus consultórios

6/05/2014 05:21 - Modificado em 6/05/2014 05:21

Hospital Baptista Sousa_2Muitos mindelenses reclamam da forma discriminatória que são tratados no Hospital Baptista de Sousa por alguns médicos, enquanto que em clínicas privadas o mesmo médico trata esses pacientes com todo o respeito e consideração.

 

O NN ouviu algumas pessoas que dizem que o tratamento médico é dado ao paciente da melhor forma nos privados. Segundo as mesmas, no Hospital Baptista de Sousa não dão muita atenção aos pacientes.

Daniela Lima reclama do Dr. Ernesto Rocha. “No hospital trata as pessoas como quer porque não nos dá atenção, não responde às nossas dúvidas porque é público,” mas “no seu consultório trata-nos muito bem, com todo o cuidado e até pergunta se temos dúvidas. O tratamento é muito bom para podermos voltar”.

No facebook a internauta Vanísia Delgado desabafa sobre o atendimento diferenciado do Dr. Ernesto Rocha onde ela questiona sobre a lei internacional segundo a qual, “não é permitida a presença do pai na ecografia do seu filho? E nem podes filmar? E fazer perguntas durante o exame é ‘motivo de desconcentração’”. Segundo Vanísia Delgado nos exames particulares dão um atendimento totalmente diferente do atendimento público: “digo isto porque já fiz ecografias no seu consultório particular onde tudo isso foi possível”. A internauta escreveu que “farei de novo a eco mas no particular e como é evidente noutro médico”. Vanísia sublinha: “médico que é medico atende os seus pacientes, onde quer que seja e de modo igual”.

A pediatra Nilda Soler também é criticada pela nossa entrevistada Sandra Correia que diz que “já levei a minha filha de um ano e meio ao Medicentro e fui muito bem atendida”, mas há poucos dias levou a filha à pediatria do HBS e “não gostei da forma como fui tratada pela Dr.ª Nilda”. Sandra adianta “a Dr.ª não deu a atenção que deveria dar à minha filha e ainda falou mal de algumas mães”.

Tentámos contactar o Dr. Ernesto Rocha mas não foi possível ouvir a sua reacção. Quanto à doutora Nilda Soler ela diz que trata todos os pacientes de igual forma, quer no privado, quer no público. Justifica que “muitas mães chegam atrasadas às consultas no hospital e querem ser logo atendidas, mas tudo tem o seu horário. Acrescenta também que “se aparecerem com uma análise numa hora imprópria, claro que não vou atender, tenho outros pacientes”.

  1. CCR

    Isto é verdade, e é uma vergonha. Vê-se que a maioria dos médicos daqui não têm um pingo de amor à sua profissão e não respeitam o juramento que fizeram. Usam e abusam da profissão, com o único intuito de fazer fortunas! Chegaaaaaaaaaaaa… Ainda assim estou confiante na geração de novos médicos! Carácter!!! Será que é pedir muito????

  2. ilhas

    mais pura verdade….i nunca isso vai ajeitar pq sao todas cumplices

  3. Arlindo Santos

    Os atendimentos nos Hospitias, Câmaras Municipais, deixam muito a desejar.

  4. E verdade o Dr. Ernesto trata os seus pacientes muito mal no hospital,um dia fui fazer uma consulta de genecologista no hospital esntao estavomos sentados no corredor a falar e elenos disse quera para nos ir ladrar no quintal pk ali nao era plurim de peixe, mas no consultorio ele trata a gente muito bem, ele ja me negou atendimento no hospital e me disse quera para eu ir na clinica dele porque nao estava com tempo, e um outro medico ouvio como ele tinha me tratado e entao ele fez o atendimento.

  5. verdade

    em são Vicente tem uma frase constantemente ouvida que e assim Deus livre a todos nos de ir para o hospital batista de sousa. Exististe uma falta de profissionalismo,empenho,boa vontade,respeito,amor pelas pessoas e pela profissão,ou quando na sua formatura juraram praticar a medicina honestamente, esqueceram na de imediato quando regressaram a cabo verde.Na minha opinião um medico ou enfermeiro tem de ser humilde e de bom coração nao um hipócrita e vaidoso que atende a quem quer.

  6. verdade

    exercerei a minha arte com consciência e dignidade.A saúde do meu doente será a minha primeira preocupação.partes do juramento de Hipócrates

  7. Verdade, na Praia este problema também existe, tratamento péssimo no Hoapital e no consultório excelênte…

  8. jah

    Isto acontece porque o governo nao tem um política que promova a igualdade de oportunidades para todos os cidadaos cabo-verdeanos. Igualdade de oportunidades significa que o governo deve criar bons hospitais publicos. Enquanto o governo nao oferecer um bom salário aos medicos cabo-verdeanos e proibi-los de trabalhar em hospitais/clinicas privadas, continuaremos a ter situações dessas. Mas tambem critico veementemente qualquer medico que comporta desta maneira, isto é falta de ética profissional

  9. KSB

    Verdade! A saúde tem sido negocio na nossa terra! Infelizmente!!!

  10. Jorge Barbosa

    E tem outra questão pertinente, para alem dos médicos nos atenderem sem a devida atenção no hospital, despacham-nos logo. Nos seus consultórios privados, atendem-nos com toda a paciência e fazem com que voltemos mais vezes, pagamos a primeira consulta e quando vamos levar os resultados pagamos de novo.Alias desconfio que deve haver um complô entre o mau atendimento no hospital de modo a podermos ir imediatamente para os consultórios privados.

  11. Especulação económic

    Isto é fácil de resolver, o gorverno cria uma legislação que proibe a prática do exercicio particular aos médicos viculados no serviço publico. O que ia acontecer, estes iam preferir trabalhar por conta propria (alguns ou a maioria) e ao fazerem isso, sendo que seriam muitos, o preço das consultas iam baixar e o atendimento obrigatoriamente teria que ser de boa qualidade caso contrario, com muitas hipoteses de escolha, perderiam clientes/utentes, e o cidadão comum seria o + beneficiado

  12. JOAO

    Nos consultórios particulares você é atendida a qualquer hora, com atraso ou não. No hospital não é assim – dizem vai e volta amanhã. e mais, nos consultórios os médicos chegam a hora H, enquanto que no hospital chegam com muito atraso e começam as consultas quando quiserem e ainda atendem visitas de colegas e amigos não inscritos para consulta “roubando” o tempo dos pacientes que estão a espera.

  13. Djon

    Para as marcações de consultas de especialidade, você espera 1 ou 2 anos; Na Policlínica essas mesmas consultas são efectivadas logo no momento de inscrição – basta apresentar os 2.000 ou 2.500$00. O tempo longo na espera de uma consulta de especialidade no hospital é de propósito para que as pessoas possam desembolsar dinheiro na Policlínica. MUITAS PESSOAS QUESTIONAM SE O CONSULTÓRIO E OS EQUIPAMENTOS EM SERVIÇO DA POLICLÍNICA SE SÃO DO ESTADO AO SERVIÇO DE PARTICULARES?

  14. Dirce Andrade

    É nossos médicos tem dessas. Numa consulta no hospital, o médico estava mais preocupado em fazer publicidade da sua clínica recém aberta na altura e nem sequer olhou para o quisto que eu tinha em cima da mão. Estava tão estupefacta que ainda recebi o folheto que ele me entregou.

  15. val

    já levei a minha filha doente para o hospital e a pediatra quase não se inteirou da doença da minha filha e nem passou remedio a minha filha continuou na mesma e ela me convidou para leva-la para consulta na urgimed. fiquei muito sateado pelo nível de profissional que temos nesse hospital.

  16. Ligia

    Eu pelo. Contrário não tenho razões de queijos do Dr Ernesto Rocha ele sempre me atende muito bem no hospital e até já foi me fazer uma cesariana minutos antes do horário dele e olhem lá que ele não era o meu médico

  17. maria jose

    falou-se dos medicos mas se formos ver é todo o hospital que esta doente ser doente dentro do HBS é um problema grave não ha ajuda nenhuma aos doentes tirando a administração da medicação os doentes não conta com apoio de enfermeiras para nada nem dos serventes eu ja ouvi enfermeiras dizer que os doentes pensam que são suas empregadas quem não consegue comer passa fome quem urinar e fizer côco a noite na cama dorme nela e se vomitares a noite ficas ai ate demanha quando os féamiliares chega

  18. maria jose

    para fazer higiene aos familiares que ai se encontra muitos doentes ja se sentiram injuriadas por pessoal do HBS em relação a isso doentes ficam com vergonha de pedir ajuda choram de vergonha quando visita chega e se encontra sujas isso é pura verdade e a falta de sigilo que existe dentro dessa unidade hospitalar É VERGONHOSO a pessoas que é so ligar para o pessoal do hospital e ficam a saber da vida dos doentes dos cancros dos cidosos dos que tentam matar-se em fim VERGONHOSO … FALEI

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.