Nadou durante cinco horas: Norte-americano de 61anos atravessa a nado o canal de São Vicente

28/06/2012 06:37 - Modificado em 28/06/2012 06:37

O nadador norte-americano DAVID YUDOVIN atravessou a nado o canal que liga São Vicente a Santo Antão. O nadador levou cinco horas a fazer a travessia.

 

O canal marítimo que separa as ilhas de Santo Antão e São Vicente juntou – se ao leque dos outros canais que este californiano de sessenta e um anos de idade já atravessou pelo mundo fora.

Foi com boa disposição e com um sorriso prenhe de satisfação que, ao tocar as rochas que orlam a praia de Jom d´Ebra, DAVID YUDOVIN saudou a equipa do iate e do barco que o acompanharam ao longo da travessia. A estas duas embarcações juntar-se-ia uma terceira, com autoridades do Instituto Marítimo e Portuário e que levava também o repórter da Rádio de Cabo Verde.

DAVID YUDOVINN deixou a Marina do Mindelo por volta das oito e meia da manhã a bordo do iate rumo a Santo Antão, de onde começou a nadar por volta das onze horas. Inicialmente previa-se a chegada à praia da Laginha mas mudanças na direção do vento fez com que os planos fossem alterados, tendo a equipa que o acompanhou optado pela praia de Jom d´Ebra.

À chegada à Marina do Mindelo DAVID YUDOVIN era un homem feliz, aliás, como fez questão de declarar à comunicação social e ao numeroso grupo de pessoas que aguardavam a sua chegada “Estou muito feliz… Eu consegui. Foi muito difícil mas o meu treino foi muito bom. Não estou muito cansado, mas o mar não esteve nada calmo e batia em mim de todos os lados. Mas estou muito feliz porque foi um sucesso. Sinto-me óptimo.”

Durante o percurso o nadador não viu nada de mais… DAVID YUDOVIN diz que sempre dominou o medo porque, senão, nada consegue. A única coisa que viu foram medusas e alguns peixes: “Vi algumas medusas, mais conhecidas por águas vivas. Alguma coisa bateu fortemente no meu ombro… Não sei o que foi… Talvez tivesse sido um peixe… Quando deixei Santo Antão vi pequenos peixes. Eu sempre tenho medo quando faço travessias… É um sentimento poderoso mas, não o posso permitir porque me paralisa. Sinto medo, sim. Mas não paro por causa dele. Sim, tenho controle sobre este tipo de sentimentos.”

Outras travessias programadas para Cabo Verde irão depender do estado do tempo, como adiantou o manager deste nadador californiano que já atravessou o Canal da Mancha, o Estreito de Gibraltar, de entre outros.

  1. Carlos Ferreira

    Amazing: I admired the way this man face his own fear, and find the power on it and keep on, I wish u the best and good luck on the futures adventures.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.