Tarrafal de São Nicolau e Maia vão oficializar relações

25/04/2014 08:00 - Modificado em 25/04/2014 08:00
| Comentários fechados em Tarrafal de São Nicolau e Maia vão oficializar relações

José de Brito em Maia_ PortugalO Presidente José Freitas de Brito foi recebido na Câmara da Maia pelo seu homólogo António Bragança Fernandes, com quem discutiu possibilidades de se instituir uma relação oficial entre os dois Municípios, restabelecendo uma relação formalizada no tempo da Câmara de São Nicolau, então presidida por Benvindo Oliveira e que deixou de ter validade no Tarrafal com a separação administrativa da ilha, em 2005.

 

O edil do Tarrafal e o autarca da Maia estão de acordo em como a geminação então rubricada deveria também ser objecto de análise, após a criação de um segundo Município em São Nicolau. Do encontro mantido na Câmara da Maia saíram directrizes muito claras no sentido de se estabelecer uma parceria directa e formal com o Tarrafal, o que pode ocorrer ainda no primeiro semestre de 2014.

 

O autarca da Maia mostrou-se particularmente disponível em fazer esta geminação com o Tarrafal e demonstrou a sua vontade em fazer uma nova visita à ilha de São Nicolau.

 

“Temos de reactivar a nossa relação” assegurou António Fernandes, Presidente da Câmara Municipal da Maia, que mostrou a disponibilidade de apoiar o Tarrafal nas tradicionais áreas de cooperação, como a formação para funcionários da Câmara Municipal e alunos em cursos superiores. Mas, também em sectores como o desporto, o intercâmbio, a comunicação, o planeamento, o urbanismo, o saneamento e o ambiente.

 

“Precisamos mesmo desta parceria e é fundamental aproveitar a vossa experiência”, admitiu José Freitas de Brito durante o encontro com seu homólogo luso, observando que o Tarrafal só tem a ganhar com uma geminação com este município português.

 

Em aberto, ficou também a possibilidade de uma prospecção de mercado no Tarrafal, por parte de empresários da região da Maia, uma possibilidade que as partes entendem ser boa para criar oportunidades de novos investimentos, sobretudo em tempos de crise.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.