FC Derby fica à beira do adeus após meter água contra Paulense

21/04/2014 10:26 - Modificado em 21/04/2014 10:27
| Comentários fechados em FC Derby fica à beira do adeus após meter água contra Paulense

FC Derby vs PaulenseO FC Derby foi surpreendido pelo Paulense que impôs mais uma derrota ao campeão Regional de São Vicente. Isto porque os jogadores do Derby dormiram à sombra da bananeira e o campeão de Santo Antão Norte, com o extremo Cukuk no seu melhor, marcou o golo que gelou por completo as aspirações dos derbianos e dos seus adeptos. Com esta vitória, o Paulense dá um importante passo na luta pelo acesso as meias-finais, já o Derby, só com um milagre chegará a essa fase.

 

O Estádio Adérito Sena, na ilha de São Vicente, recebeu o jogo entre o Derby, de São Vicente e o Paulense, de Santo Antão Norte, referente à terceira jornada do Campeonato Nacional 2014. As duas equipas, que integram o grupo A lutavam pelos mesmos objectivos: alcançar os três pontos e evitar um cenário que lhes colocava a beira da porta de saída do campeonato, isto é, a eliminação na fase de grupos.

Em mais um duelo entre clubes do Norte, o FC Derby, campeão regional de São Vicente voltou a ter uma exibição apagada. Isto, depois de perder na jornada anterior com a Académica do Porto Novo. Ciente do compromisso de vencer o adversário, o Paulense soube explorar as fragilidades defensivas do adversário.

Mais uma vez desiludiu quem esteve no estádio para dar o seu apoio ao campeão de São Vicente. A equipa treinada por Almara não esteve a altura das expectativas dos adeptos que esperava a vitória para manterem a esperança de seguir para as meias-finais.

Distinção

Beto D´ Noémia, técnico do Paulense foi sem dúvida, a figura do encontro, com respeito para com o seu adversário tirou o melhor proveito do modelo de jogo proposto aos atletas, e no final colheu os frutos ao garantir a vitória.

Na frente de ataque, os extremos, Rony e Cucuk, aliados ao avançado Pilita foram nota de destaque, na baliza Nuno deu confiança, os médios, Palela e Amunik comandaram o meio-campo. E na linha defensiva, o experiente e capitão Fogá, mostrou que apesar do passar dos anos, ainda o sangue verte-lhe nas veias e que a vontade de jogar e o espírito de lutador continua a ser a sua marca.

Golpe

Diz o ditado que à terceira é de vez: aos 8´, Pilita trocou as volta aos defesas do Derby e entregou a bola a Cucuk, que viu Yuyu dar o corpo a bola, que levava selo de golo. Volvidos três minutos, Rony de fora de área rematou em arco, e perante uma rotação traiçoeira, o guarda-redes William, defendeu para a linha de fundo.

Mas, aos 18´, Cucuk não perdoou, uma oferta do sector defensivo do Derby, que ficou a dormir, quando o extremo recebeu a bola a segundo poste e fuzilou William. O Derby tentou chegar ao empate, e aos 43´ Pitú viu Nuno defender-lhe a bola, e no minuto seguinte, Tutuia esteve perto de introduzir a bola na sua baliza.

 

Falha

Na segunda parte, o FC Derby teve uma oportunidade de empatar quando Palela meteu a mão na bola perante insistência do avançado Sílvio. Chamado a converter a grande penalidade, Djack demostrou a sua falta de empenho, perante o guarda-redes Nuno, que foi um deus para a sua equipa. Na sua postura para rematar, deu indicações que iria falhar, e falhou por duas vezes, pois ainda na recarga entregou a bola ao guarda-redes.

O jogo chegava a fase final e nos descontos, o Paulense teve oportunidades para aumentar a vantagem, só que na hora de finalizar Rony e Nuno II não tiveram a necessária frieza para bater William. Com o apito final do árbitro, o Paulense fez a festa, enquanto os derbianos mostraram a sua frustração com mais um desaire.

Com este resultado, o FC Derby parece ter enterrado as hipóteses de chegar a próxima fase, dado que é o lanterna vermelha do grupo A, com um ponto. Por sua vez, o Paulense com quatro pontos, ainda se mantém na luta para chegar as meias-finais.

 

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.