Direcção do HBS diz que não houve negligência médica no caso da morte de dois bebés

17/04/2014 07:58 - Modificado em 17/04/2014 11:55

No Serviço de Maternidade do Hospital Baptista de Sousa, ilha de São Vicente, registaram-se casos de gravidezes com desfecho trágico para as parturientes : os filhos nascerem sem vida ou falecerem horas depois do parto. Para encontrarem uma resposta ao sucedido, para saberem porque é que os bebés faleceram solicitaram esclarecimentos ao HBS. Por sua vez, a gestão do Hospital Baptista de Sousa explica que quando ocorre uma situação dessa natureza, não se deve culpar prontamente o HBS.

 

A Directora do HBS ,Sandra Monteiro, aborda a questão de uma cidadã de 24 anos que aguardava o nascimento do primeiro filho. Mas, aos sete meses, a jovem deixou de sentir os movimentos do bebé e, quando se dirigiu ao HBS, detectaram que o feto estava morto. A directora do Hospital Baptista de Sousa sublinha que esta situação é um drama e que acontece a muitas mulheres.

 

 

“É uma situação constrangedora não só para a mãe mas também para o HBS, porque não acredito que haja profissionais de saúde que vão para casa quando perdem um utente. É também neste sentido que o Hospital está a trabalhar e a nível da maternidade, há um protocolo em que se se regista uma perda de uma mãe ou de um filho, há um caminho inverso protocolado e obrigatório para apurar o que se passou nesse caso”.

A entrevistada aponta outro caso de morte de um recém-nascido com 3,5kg, e que cerca de 30 minutos após o nascimento, entrou em insuficiência respiratória e faleceu. Com autorização da mãe foi realizada uma autópsia, onde se detectou que o bebé tinha uma malformação grave dos pulmões.

  1. JM

    Questão de saber se os filhos nascerem sem vida ou falecerem horas depois do parto.?? Então e na autópsia?não conseguem saber se os bebés se chegaram a respirar ou nao!? daaaahh Infelizmente em CV ainda acontecem muitos casos dessa natureza. Aliás, estamos em àfrica ne…

  2. Salense d bubista

    HBS e seu pessoal como sempre nunca é culpado. Alguns medicos (nao todos) erram, e infelismente os bebes morrem, aconteceu com a minha filha, e os medicos defendem uns aos outros e nunca ninguem é culpado. A minha tristeza é que passados mais de 8 anos desde que mataram a minha filha, parece que nada mudou. A culpa é sempre dos bebés, das maes que nao colaboraram no trabalho de parto e nunca dos medicos. Nao há nem nunca houve uma autoridade para fiscalizar a negligencia medica em CV.

  3. CidadaoCV

    Pois é … Não há, nunca houve e jamais haverá negligência no HBS. Sabem porquê? É que o HBS tem os melhores “profixionais” do mundo, tem os melhores “datores” e os melhores “infrimeiros” do mundo. Quem morre no HBS é por chegou a sua hora. E foi assim que aconteceu; chegou a hora (minutos) dos bebés. A pois é …

  4. mãe indignada

    É ENGRAÇADO COMO ACONTECE AS COISAS NO HBS E NINGUEM FICA SABENDO. NO HBS DEVERIA TER UMA FISCALIZAÇAO TODA HORA COM OS PROFISSIONAIS DESDE O PORTEIRO ATÉ OS MÉDICOS. SÃO TODOS DESUMANOS. EU ESTIVE INTERNADA E VI TUDO ACONTECENDO NAQUELE HOSPITAL. ENFEMEIRAS COM DESCASO TOTAL COM OS PACIENTES INTERNADOS, PREGUIÇOSAS E DESUMANAS. QUEREM ´GANHAR É GANHAR DINHEIRO E FICAR DORMINDO. NÃO ATENDEM NINGUEM QUANDO SÃO CHAMADAS. AS SERVENTES ENTÃO PIOR . OS QUARTOS FEDEM A SUJEIRA, MAS NO ENTANDO RECLAME.

  5. mãe indignada

    JÁ OS MEDICOS NEM SE FALA. MUITA COISA ACONTECE NAUELE HOSPITAL E NINGUEM FICA SABENDO. PARA SER TRATADA BEM TEM QUE TER CUNHA OU SER AMIGA OU PARENTE DE ALGUÉM. DESCASO TOTAL PORQUE NÃO QUEREM SER INCOMODADAS. A DR. NEUSA POR EXEMPLO É UMA MÉDICA QUE DEVERIA SER AVALIADA O SUA COMPETENCIA NA MATERNIDADE. ELA TEM FEITO MUITA COISA E NINGUEM FALA NADA. UM DESCASO TOTAL COM OS PACIENTES. .ONDE ESTA A DIREÇÃO DESTE HOSPITAL QUE FINGE QUE NAO SABE DE NADA.

  6. mãe indignada

    CLARO E A CULPA É DE QUEM SEMPRE DAS MÃES. A ENFERMEIRA PAULA, CRISOLITA E EVA DA METERNIDADE E DR NEUSA DEVERIAM PROCURAR OUTRA PROFISSÃO. PORQUE AASSIM NÃO DÁ ELAS NÃO SERVEM. E NÃO TEM VOCAÇAO NENHUMA. AGORA TEMOS QUE DESTACAR ALGUNS PROFISSIONAIS QUE MERECEM UM PREMIO DE MERITO POR SEREM EXCELENTES NAQUILO QUE FAZEM PEGUEM O EXEMPLO QUE SABE ASSIM A MATERNIDADE PODERIA MUDAR .

  7. mãe indignada

    PAREBENS A DOUTORA ODILIA QUE É UMA MEDICA NOTA 1000. ESTA SIM UM EXEMPLO A SER SEGUIDA. A ENFERMEIRA FILO TAMBEM É OUTRA NOTA MIL. PARABENS . SAO PROFISSIONAIS E HUMANAS, DEDICADAS.
    MÃES NAO TENHAM MEDO DE DENUNCIAR TODO O DESCASO DESSE HOSPITAAL

  8. baldoque

    Ah Sandra bo devia informa dret antes de bem falá asnera. Entom kel mnine tinha 3,5kg e 30 minuto depois el entrá ne insuficiência respiratória? Ou no ke ti te falá de mesmo mnine ou então cosa ê mas feio do que el te perce.
    E ke kel ot mnine tinha 4,230kg e el teve txeu tempo vivo. El morre bsto sabe porke.

  9. linda

    BOA TARDE, Ô SR CIDADÃO ,NO HBS trabalham profissionais de saúde sejam médicos ou enfermeiros etc, como em todo o mundo ,não estão habilitados a fazer milagres ,quando se tratada de malformações congénitas,lamento pela dor das familías .só quem sabe o que aconteceu deverá pronunciar sobre o facto. Sejamos honestos para o bem de todos ,acusar é crime…

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.