Lavagem de capitais : falar a três vozes

26/06/2012 00:08 - Modificado em 26/06/2012 08:31
| Comentários fechados em Lavagem de capitais : falar a três vozes

Jorge Carlos Fonseca, presidente da Republica, fez o papel de “public relations” de Cabo Verde e disse que apesar do aumento “ substancial da lavagem de capitais “ Cabo Verde continua a ser um porto seguro para se fazer investimentos.

Quem não tem tanta certeza é o grupo parlamentar do MpD que quer inquirir o Governo sobre a estado do sistema financeiro cabo-verdiano depois do caso “Lancha Voadora “ para que o governo responda ao seguinte “que medidas foram tomadas para recuperar a credibilidade e confiança mo sistema financeiro, que balanço faz o Governo da situação actual do sistema financeiro cabo-verdiano? E Que caminhos vão ser percorridos para a construção de uma praça financeira credível e de confiança.

O PAICV por sua vez acha a interpelação desnecessária já que já que, de acordo com o vice-líder parlamentar, Euclides de Pina, a audição ao governador do Banco de Cabo verde foi bastante clara. O sistema financeiro a duas vozes e voltamos a terceira voz, agora do Presidente da Republica que acha que apesar, dos pesares, e pesar é o aumento substancial da lavagem de capitais e de alguns analistas consideram que isso afecta o sistema financeiro na sua credibilidade “ Os investidores podem sentir-se tranquilos e seguros em Cabo Verde, fazer os seus investimentos, aplicar os seus fundos, obter rendimentos, sem receio ou qualquer outro constrangimento, pois somos uma economia de mercado, aberta ao mundo, assente na livre iniciativa em qualquer sector de actividade económica “

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.