Homicídio em Chã D´ Faneco: Asfixia foi a causa da morte do cidadão nigeriano

9/04/2014 12:52 - Modificado em 9/04/2014 12:52
| Comentários fechados em Homicídio em Chã D´ Faneco: Asfixia foi a causa da morte do cidadão nigeriano

medico familiaA Polícia Judiciária e a Delegacia de Saúde, acompanhadas de um médico realizaram a autópsia ao corpo do cidadão nigeriano, Emanuel, de 39 anos, encontrado num beco situado na zona de Chã D´Faneco. Os resultados do exame feito a corpo da vítima demostraram que a causa da morte é a asfixia. Os indícios recolhidos pelas autoridades apontam que Emanuel foi assassinado. E, agora a PJ prossegue com as investigações para desvendar este caso de homicídio.

 

O especialista, Ledo Pontes procedeu a realização da autópsia para apurar as causas da morte de Emanuel. É que indícios recolhidos pela PJ no local e no corpo não permitiram saber quais foram as causas da morte, visto que o corpo não apresentava sinais exteriores de violência.

Finda a realização do exame para analisar sinais interiores, o médico legista apresentou as conclusões do processo. Ledo Pontes assegurou que “é um caso que está em investigação, e depois da autópsia tudo indica que o corpo tem lesões que indicam a asfixia, isto pelos sinais dos órgãos que presenciamos na autópsia. Os outros elementos fazem parte de um corpo que está em investigação, mas é um homicídio”.

Questionado sobre o que terá provocado a morte do cidadão, Emanuel, o médico legista explicou que “isso fica para a investigação, porque ainda não existe nada concreto. Mas existem várias formas asfixia tem várias desde da forma mecânica ou por produtos tóxicos. E, isso tudo é matéria para uma investigação profunda que posteriormente será realizada por uma equipa de investigação ”.

Com o resultado da autópsia, o Departamento da Polícia Judiciária de São Vicente vai prosseguir o processo de investigação para desvendar o caso. Quanto ao que está por detrás do assassinato de Emanuel, o NN sabe que a PJ só agora vai começar a desvelar o novelo. É partir desse elemento, a autópsia considerada “esclarecedora” numa investigação, cujos indícios demostram haver mão criminosa, e que a PJ está a trabalharpara apresentar a conclusão dos factos.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.