“Liberdadi” no canal traz a liberdade de escolha

2/04/2014 07:29 - Modificado em 2/04/2014 07:29

liberdadiO navio “Liberdadi” já está na baía do Porto Grande para resolver os grandes problemas de ligação entre São Vicente e Santo Antão. O NN falou com os utentes que viajam nesta rota, para saber a opinião sobre o novo barco que vai passar a operar no canal . Os entrevistados sentem que é um sonho realizado.

 

O navio “Liberdadi”, vindo de Singapura, já está na Baía do Porto Grande, mas deve passar por alguns procedimentos legais com as autoridades portuárias antes de começar as ligações marítimas.

Marisia da Luz diz que esse navio vai resolver muitos prolemas, “para mim esse navio é como um sonho, há muito tempo que estávamos à espera dessa situação resolvida”. Segundo Marisia, com o barco pernoitando no Porto Novo, os santantonenses ficam mais tranquilos, pois “se houver uma emergência, o navio já está em Santo Antão”.

Teresa Vezo acredita que o navio é uma grande mais-valia para Santo Antão e com o navio à noite na ilha, a população sente que algo está sendo feito por eles, “nós sempre fomos esquecidos”.

José Luís afirma que o navio é muitíssimo importante para as duas ilhas e que Cabo Verde tem muito a ganhar com esse navio. “Espero que esse navio dure por muito tempo, porque a ligação entre estas duas ilhas sempre tem problemas”.

Lígia e Telma, estudantes universitárias, sublinham que o “Liberdadi” vem resolver os problemas da rota Santo Antão – São Vicente. “Para nós que estamos constantemente a viajar, é muito bom e esperamos que com essa concorrência os preços diminuam”.

O ferry “Liberdadi” vai fazer ligações entre Santo Antão e São Vicente com duas viagens diárias, passando a noite no Porto Novo e São Vicente – São Nicolau, duas vezes por semana.

O ferry “Liberdadi” pode atingir a velocidade de 25 nós/hora, mede 43 metros de comprimento e pode transportar 164 passageiros, 20 viaturas ligeiras e três camiões de 60 toneladas.

O baptizado do “Liberdadi” está previsto para esta quinta-feira, 03 de Abril, no cais de cabotagem, onde a cerimónia será presidida pelo bispo do Mindelo, Dom Ildo Fortes e alguns membros do Governo.

  1. Lourdes Silva

    Muito bonito e parece ser um bom barco. Só que o nome não coaduna com Barlavento,
    O pessoal do norte não consegue pronunciar o ” I ” no final da palavra LIBERDADE
    assim como não diz LEBERDADE. Com três tracinhos se pode mudar o nome.
    Esperamos que o preço das passagens se mantenha, pois, já estamos a pagar demais.
    A população destas ilhas já não pode ser mais espremida com o assalto permanente ao pouco dinheiro que consegue arracadar. Haja bom senso.

  2. kaal

    um te agradece pa esse navio ek ta ben servi parte de nos ilha de barlavento;
    Ma um ke intende pq nome tinha ke ser escivid em BADIO…..
    pq nao liberdad?

  3. kaal

    um te agradece pa esse navio ek ta ben servi parte de nos ilha de barlavento;
    Ma um ke intende pq nome tinha ke ser escrivid em BADIO…..
    pq nao liberdad?

  4. Tidjone Brava

    Quer KRIOLA como o LIBERDADI, os nomes surgiram depois da administracao da Caboverde Fast Ferry, ter lancado um concurso publico, para a atribuicao dos nomes, muito antes das embarcacoes estarem concluidas. Na altura a minha foi MARLINDA,mas nao foi no gosto do juri….
    Fica este reparo

  5. Nelson

    Queridas Hernani e Linda, o que interessa é o barco e as ligações que este venha a fazer. O nome não interessa se está em latim ou em grego eu em banto. Pois as duas só podem ser ignorantes para fazerem tal tipo de comentário. Eu vos pergunto: Entenderam ou não o nome do navio? A vossa dor chama-se ignorância e não tem outro nome. Eu me identifico como caboverdeano independentemente das variantes do nosso crioulo. Sejam caboverdeanas e nao bairistas porque com este pensamento bairista nunca mais.

  6. pedro

    minha gente todos nós somos caboverdianos para que estar ai a falar de Badio e sampadjude,quando sabemos o que cabo verde tem é todos os caboverdianos,este barco é para servir todas as ilhas de santo antão a brava.deichamos de ser ignorantes e passamos a falar de cabo verde,é este o mais valia (sou de santo antão)

  7. tavares

    Com tanta coisa importante para se resolver, voces estao preocupados com nome do navio… liberdade, liberdadi, leberdad, liberte, seja la o que for, portugues, ingles, espanhol, interessa? O que interessa eh o desempenho do navio e as vantagens que poderemos obter com ele. So espero que pelo menos a rota entre sao nicolau se mantenha porque isso, sim, intedrerssa.

  8. sonia ramos

    Este navio é benvindo, pois a rota destinada, estava mesmo necessitada de mais um barco alternativo. Mas, o problema é o seu nome, pois, aqui no Barlavento, “liberdadi ” para nós não existe! Deve haver pelo menos respeito para cada variante do nosso crioulo! Não queiram nos impor a variante de Santiago! Já não há desconfiómetro neste país?

  9. svicente

    oh pela amor de deus há tantas coisas mais importante para discutir voces vem com a mania de discutir um nome já tá na hora de parar com estas esparatagem desde o principio sabemos que o nome viria aser liberdadi para aquelas pessoas que estão verdadeiramente actualizadas. deixoa qui um opinião fazem uma selecção dos problema que cv esta a passar e vão ver que vai ficar atraz do ultimo

  10. Lena

    Bem Vindo Liberdadi. Seja tu Liberdadi ou Liberdade. Que diferença faz?? O importante é que vais resolver o problema de ligaçao entre estas Ilhas. Cada um que o chame como quiser, poiis isto nao muda a tua categoria de Barco para Bicicleta. Longa vida e boa viagem a todos. Viva Liberdadi.

  11. Djoza Silva

    A chegada do Navio “Liberdade” é uma grande razao para os habitants das ilhas de S Antao e S Vicente celebrar, em vez de estarem aqui a aquecerem a rivalidade desnecessaria entre Santiago e Sao Vicente. As duas ilhas mais priviligiadas de Cabo Verde. Ainda mais pena, e ver a juventude participar nessa atitude condenavel que so serve so para dividir uma nacao dividida pelas aguas do atlantico.
    Djoza

  12. Adriano Lima

    Sou unico accionista nacional na Naviera Armas C.V.S.A., fui promutor do projecto para trazer o navio Mar de Canal que opera na linha Sv. Santo Antao ha 12 anos,e que tem comtribuido muito para o desemvolvimento deste pais e Santo Antáo em particular.

    Estou muito contente com a introdução do ferry liberdadi nesta linha, pois, este navio vai comtribuir para o aumento do fluxo de passageiros neste trajecto, uma vez que e+ uma mais valia,pois vai dar mais garantia aos utentes.

  13. Ney Brazao

    Simplesmente caricato… Minha gente: Preocupem com o barco que vai fazer um jeitao a toda a gente e nao com o nome. Ateh podia ser Djosa/Naise/Nhelas/Bia Lulucha/Bitin/Manel de Novas/Pancracia/Purqueria/Linda Maria/Kaal/Monica Medina/Lourdes Silva/Sonia Ramos ou outro nome qualquer, que o barco vai sulcar os mares de CV na mesma.
    Agora esta: Um senhor, muito criticado por ter escrito COIMBRA com “U”, disse, perguntando ao parceiro: Voce leu LISBOA ou PORTO?
    E esta hein!…

  14. Atento.

    Sinceramente!!!! Até quando é que isso há de terminar????? São Vicente, Santiago??? não interessa a variante, afinal tudo é crioulo. Deixem desse complexo de inferioridade e preocupem com questões que de facto afligem essas ilhas!!! Benvinda Liberdade, ou liberdad conforme queira!!! Cv é um país uno, não vale a pena histórias de meia tigela….

  15. Joao Moniz

    nhos dexa de ser iguinorantes pa, na mundo ki nu sta ainda nhos sta faze es cumentario de badio cu sampadjudu, pmd nhos ca ta gosa es momento histórico li de midjor manera possível.

  16. Lucilio

    Alguns gentes de Barlavento ainda continua nessa mania de ignorancia eterna, afinal era um barco ou uma canoa que precisavam, que tem a ver o nome e qto mais se o PM [e de Santiago ou nao. Navio e pa sirve caboverdianos e nao so e isso que interessa.

  17. Para Linda Monteiro

    Ó Sra Linda Monteiro e otus sampadjudos, dia ki nhós ranja nhós navio, nhós ta poi nomi ki nhós kre!!! Mas komo Navio é ka de nhós, é sta li pa sirvi tudo Kaboverdianos intom nomi ka ta interesa!!! Mas nhós debi ser de kes ki ta vivi na kustas de Badio e nhós ta fika ta despreza pamodi só keli ki nhós sabi fazi e mas nada…

  18. Os Caboverdianos em geral está de parabéns, mais vale tarde do que nunca e temos de aprender a acreditar no homem comum enquanto cidadão do mundo(…)
    Vale a pena! Eu pessoalmente, estou muito satisfeito porque a ilha de SANTO ANTÃO merece e muito mais com a sua vizinha SÃO VICENTE. ACERCA DO NOME, PARA MIM NÃO É O MAIS IMPORTANTE(…) O IMPORTANTE É QUE TEMOS UM BARCO NOVO, SEM EXPERIMENTAÇÃO E QUE ESTE BEM MAIOR PERDURA POR MUITO TEMPO. UM PASSO DE CADA VEZ! VAMOS TER ROTA COM MINDELO E PRAIA.

  19. NOS TERRA

    queria saber quem vai agenciar o navio e se é verdade que o preço dos bilhetes para esse navio é 2000$00 ida e volta, pq no navio Mar D`Canal pagamos 1600$00

  20. Montecara

    Pa ca tem esse tipo de problema proxima vez bzot ta pdi pas pol nome num placa electronico de Manera q quando el ta circula na sotavento se nome ta parce na badio e quando el ta na barlavento bzot ta mudal pa sampadjut sem guerra …oh puvinha q catem onde cai mort ma ca ca stod nunca content q nada ..

  21. DÉRE

    afinal das contas jam oia k na verdade o k mas ta intereza na tud esh comentário é k nô tem “liberdadi,leberdade,liberdade,etc”de expressão por isso seja bem vindo esse navio k se calhar pôde uni nôs como caboverdeanos e conche esse PAÍS k é um maravilha…o resto não interesa e nô tcha ta puxa sok de cada um e eleva nôs autoestima força CV parabéns pa mas esse VITÓRIA DE CORAGEM E AUDÁCIA.

  22. Santo Antao, S.Vicente, esta de parabens, o nome nao enterca, o que maies precisa e Servir a cuminidade Caboverdiana, principalmento, estas dua lhas, que ja algum tempo nececitava. O unico problema e aguentar a forca do mar, a mim este barco parece- me maies que um navio de atrevessar rio.

  23. patty

    porque é que não arranjaram dinheiro para investirem ao invés de estar a falar palhaçadas. seja benvindo ´´liberdadi´´com tantos problemas que ha por resolver, vocês falam de futilidades. pensem antes de falar.

  24. Barros Semedo

    E o nome da Companhia ” FAST FERRY ” nao é questionável ? Desfrutem o barco e deixem de complexo e paranóia !

  25. ZIGGY

    Nhos ta esforça pa pronuncia THINK, THING,ALTHOUGH, KITCHEN,CHICKEN, TRANSMISSION, COUNTRY, HAVE, COMPROMISE ,APOLOGISE and so on, e no entanto nhos tem dificuldade na aceta um simples nomi LI BER DA DI !

  26. Patchê

    Obrigada Governo pa mais uma promessa cumprida.Coeçamos,defacto a respirar…

  27. José Manuel de Jesus

    LINDA,
    deixe que digam que o navio não é nosso. Diga-lhes que levem o Liberdadi que é deles e que nos dêm a nossa liberdade.

  28. 1 paicv desiludid

    fock liberdade ou liberdadi…na campanha no ouvi kel rei e dono de CV te dze ela tava ta bem traze 2 barcos pa melhora condições de passageiros ne ligações marítimas ness mar d’ cabo verde….mais uma vez fock you k bos promessas de melhoria de condições de vida. Barco ê novo e tem bons condições sim senhor, mas se o estado de cabo verde detém 53% nele e quem vai pagar esse barco somos nos os cidadãos caboverdianos através dos exagerados impostos que o pais tem /roubo claro/ ,

  29. 1 paicv desiludid

    …como é que justifica que é nosso tem de ser mais cara que o privado??????? assim é melhoria de condições de vida???? então diminuem os impostos e aumentem o poder de compra dos caboverdianos….. assim o preço justifica perfeitamente as condições do navio. enquanto isso prefiro o mar d’ canal, pouparei 400$00 e assim terei mais um dinheirinho para ajustar e pagar-vos os impostos…… + 1 vez fock you djo d’ bia k esses promessas enganadoras. melhoria de condições d’ vida o caralho!!!!!!!!!!

  30. 1 paicv desiludid

    Fock you gentes ignorantes ..Santiago e são Vicente, bsot te fca ei te escuti Liberdadi e Liberdad e nos de Sintonton ?????? no cre pe sê nome fca LIBERDED itchou ….. no tem k fca te reivindica tembem pk es pensa k cabo verde ê santiago e sao Vicente… Porraaaaaaaaaa

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.