Ordem de despejo: herdeiros de Filinto Martins conseguem reaver a posse de um imóvel

24/03/2014 00:00 - Modificado em 24/03/2014 00:12

Após doze anos nos Tribunais os herdeiros de Filinto Martins, que foi um destacado comerciante mindelense , conseguiram reaver a posse de um imóvel que foi vendido por um dos herdeiros , João Martins, em 2002 , à empresa Alcane pertencente a Vladimiro Tolentino. Os herdeiros recorreram ao Tribunal pedindo a nulidade da venda. Tolentino alegou que a compra foi efectuada de boa fé e que o registo da propriedade em seu nome contou com aprovação de todas instruções creditadas para tal.

Hoje de manhã ,oficiais da justiça e a Policia Nacional fizeram cumprir a ordem de despejo emitida pelo Tribunal Cível da Comarca de São Vicente.

 

 

 

 

  1. Observatório Jm

    Só não percebo por que razão a diligência foi acompanhada da imprensa e por que razão este vídeo veio ao público. Onde está o sigilo profissional e a reserva da vida privada das pessoas. Será que o tribunal que autorizou este vídeo?duvido. Como se já não bastasse as pessoas vão ” tmá boné”, inevitável, claro.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.