Moradora quer caminho de volta

11/03/2014 01:29 - Modificado em 11/03/2014 01:29

lixo_na_ruaSheila Dias, moradora em Fonte Inês, construiu a sua casa há dois anos. Mas o problema é que há uma semana que não tem caminho para chegar à sua residência, porque onde era o caminho, foram construídas algumas casas de tambor. Sheila tem de percorrer um longo caminho para chegar à sua moradia.

 

O grande problema para Sheila é que o caminho ficou muito longe da sua casa e “quando fui à Câmara, disseram-me que a minha casa iria ser construída perto da estrada”. Para ela, a montagem das casas de tambor poderia ser feita noutro lugar, “não tenho nada contra essas pessoas, mas como não há iluminação pública, deveriam procurar outro lugar para montarem as casas”. Sheila acredita que as pessoas não agiram de má-fé, mas o facto é que estão a prejudicá-la, porque “o caminho onde poderia passar agora está transformado numa lixeira”.

Lígia Correia, uma das novas moradoras, diz que construíram as moradias ali porque “não estavam a encontrar outro lugar, mas quanto ao lixo não somos culpados”. Manuel Lima, também novo morador de Fonte Inês, diz que quanto ao lixo, “os outros moradores já colocavam o lixo naquele sítio”, mas em menor quantidade, realça.

Com a construção, de um pequeno bairro de tambor, ficou difícil a entrada de Sheila na sua residência, mas os moradores dizem que vão resolver a situação, limpando uma vereda.

Sheila adianta que cumpre com todos os seus deveres, “pago impostos e taxas”. Sheila espera que a situação seja resolvida o mais brevemente possível, porque os carros não chegam à sua residência. Sheila está ainda preocupada porque se acontecer qualquer coisa, os bombeiros ou os socorros não conseguem chegar a casa.

  1. Maria José

    Casa de tambor em pleno seculo Vinte e um?? Desenvolvimento médio?? 2030 primeiro mundo?? kakakaka (Deus Nhu perdoan).

  2. Maria José

    Construcao de casa de tambor em pleno século 21 ?? Desenvolvimento médio?? Pais do primeiro mundo em 2030 ?? Kakakaka (Deus Nhu perdoan)

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.