Clientes passaram a telefonar de casa

25/02/2014 08:00 - Modificado em 25/02/2014 08:00
| Comentários fechados em Clientes passaram a telefonar de casa

cyber cafeOs donos dos Cybers com quem o NN falou, afirmam que com as novas tecnologias da Internet, o negócio complica-se dia após dia. Também falam de promoções nas redes telefónicas nacionais e internacionais, onde a maioria já consegue fazer as suas ligações de casa ou também de telefones de conhecidos.

 

Ana Dias, dona de um Cyber em Ribeirinha afirma que “há cinco anos atrás quando abri o negócio, era muito frequentado”, mas desde que a internet tomou uma proporção maior, “os rendimentos baixaram muito”. A empresária tem também telefone público, mas “agora poucas pessoas utilizam os telefones públicos, porque com as promoções das operadoras telefónicas, muitos vão telefonar de casa”.

Para Arlindo Sousa, o negócio já não está a dar muito, “consigo ter lucros nas playstation e na colocação de saldos”, porque os outros serviços, o dono tirou-os há muito tempo porque “já não estavam a dar lucros, pois a maioria já tem internet em casa e para telefonar, muitos vão a casa dos vizinhos fazer as chamadas”. Acrescenta ainda que vai fechar o Cyber e ver se com um Bar consegue ter lucros.

Quanto ao Cyber “Bom Preço” no centro da cidade, o gerente Cláudio Cruz adiantou ao NN que “o negócio vai bem, talvez pela sua localização estratégica, muitas pessoas vêm fazer telefonemas e usar internet sempre”. Mesmo assim,não deixa de realçar que antigamente os Cybers facturavam muito, o que dava para cobrir todas as despesas.

Manuel Pinto teve de fechar o negócio porque não estava a ter lucros, “tinha poucas pessoas no meu estabelecimento”. O estabelecimento era alugado e tinha funcionários por turnos, “os lucros não davam para cobrir as despesas, por isso, decidi fechá-lo”.

O NN sabe que com as novas tecnologias e a propagação da internet, a maioria já consegue aceder em casa. Também já há muitas promoções das operadoras telefónicas, onde as ligações de casa ficam baratas.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.