Assalto à mão armada: Jovens condenados a quatro anos de prisão

19/02/2014 07:30 - Modificado em 19/02/2014 07:50

prisao3Dois jovens acusados de assaltarem uma mulher na zona de Monte Sossego foram condenados a uma pena de quatro anos de prisão. Os dois “caçubodistas” assaltaram uma empregada doméstica utilizando uma faca, levando uma bolsa com géneros alimentícios, um telemóvel e uma carteira com 1500 escudos.

O Juízo Crime da Comarca de São Vicente revelou que os factos descritos na acusação são verídicos, na medida em que ficou provado que os arguidos assaltaram a vítima em Novembro de 2013. A ofendida, uma empregada doméstica vinha das compras quando foi atacada pelos indivíduos.

Com uma faca apontada ao pescoço, a empregada doméstica foi obrigada a entregar uma bolsa com as compras, um telemóvel e uma carteira que continha 1500 escudos. Depois de consumarem o assalto, os indivíduos encetaram uma fuga, enquanto a mulher gritava por socorro.

Segundo o magistrado, durante o assalto os arguidos utilizaram uma arma branca e o mesmo declarou que a forma como executaram o crime é grave. “Foi comprovado que no regresso à casa dos patrões, a ofendida foi atacada pelos dois arguidos. Ameaçaram-na para que pudessem consumar o acto. A situação agravou-se porque armaram-se com uma faca para consumar o assalto e, por lei, isso é condenável”.

Desta forma, o juiz aplicou uma pena atenuada com base nas normas jurídicas devido à idade dos acusados na altura dos factos. Assim, os jovens de 18 e 20 anos foram condenados a uma pena de cinco anos que foi atenuada para quatro anos de reclusão na Cadeia Central.

O magistrado concluiu a sentença dizendo que “na altura dos factos os arguidos estavam a esboçar uma carreira criminosa. Mas agora vão a tempo de mudar o próprio comportamento e, quando regressarem à liberdade, devem evitar práticas ilícitas”.

 

 

  1. CidadaoCV

    Pois é… O facto de a senhora ser empregada doméstica é irrelevante para o conteúdo da notícia. Podia ser engenheira, doutora, … ou até cafezera. Não passaria de uma cidadã que se viu em perigo, que foi ameaçada e assaltada.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.