PN apreende bebidas alcoólicas nos desfiles dos Mandingas

17/02/2014 00:00 - Modificado em 17/02/2014 00:01

mandinga4A Polícia Nacional continua a sua missão para impedir que os menores e outros cidadãos consumam bebidas alcoólicas na via pública. No âmbito desse plano de acção, a PN está a intervir junto dos desfiles dos Mandingas e das vendedeiras que encontraram nos ensaios de Carnaval uma forma de venderem bebidas alcoólicas. A Polícia Nacional tem a noção da difícil tarefa que se impõe, mas deixa um alerta: “onde quer que encontremos essas práticas, agiremos”.

 

O Comando da Polícia Nacional em São Vicente tem em curso uma acção para impedir o consumo de bebidas alcoólicas no meio da rua durante o período que antecede o Carnaval. Para impedir regadas de álcool durante os desfiles de Mandingas, a PN delegou às Unidades do Corpo de Intervenção, BAC e Piquete, a missão de apreenderem as bebidas alcoólicas que estejam na posse de cidadãos que participem das marchas.

 

A Polícia Nacional assegura que a actuação não se destina apenas aos desfiles dos Mandingas, mas a todos os indivíduos que forem encontrados a beber no meio da rua e aos comerciantes que fizerem a comercialização de bebidas alcoólicas fora dos locais próprios.

 

Desta forma, com base no plano da Polícia Nacional, “Carnaval em Segurança”, as Unidades da PN aproveitam das patrulhas durante os desfiles e nos locais onde decorrem os ensaios dos grupos de Carnaval para averiguarem se há pessoas a consumir bebidas alcoólicas no meio da rua ou se há comerciantes a fazerem a venda de forma ilegal.

 

Sensibilização

 

Para além de combater essa prática para limitar o hábito das pessoas e diminuir o fluxo de consumo do álcool, a Polícia Nacional assegura que a sua acção policial tem teor educativo porque propõe evitar que haja desrespeito às normas do Código de Postura Municipal. Isto porque a venda e consumo do álcool tem os seus locais próprios e beber no meio da rua é considerado uma incivilidade que a Polícia deve combater e, em caso de reincidência, aplicar coimas.

 

Quanto às bebidas apreendidas e às que vierem a ser alvo de apreensão, serão destruídas pela Polícia Nacional, com conhecimento da Câmara Municipal de São Vicente e da Inspecção-geral das Actividades Económicas.

  1. MINDELO

    Os policiais são os primeiros a beberem.

  2. Pedro

    Por favor, queiram desencadear com frequência acções de fiscalização na Praça Nova em São Vicente, principalmente às quintas, sextas e sábados, onde os estudantes da Universidade do Mindelo, da UniPiaget e da Lusofona se concentram para grandes regadas de bebidas alcoólicas. Entram no Minimercado Gragata (Boas Compras) e compram vodka e sumos e fazem cooktail’s, para além de cerveja e outras bebidas alcoólicas.
    Penso que se trata de um acto ilegal, o consumo de bebidas alcoólicas na via pública.

  3. Pedro

    …Penso que se trata de falta de respeito consumir bebidas alcoólica em plena via pública, principalmente no local onde estão velhos e crianças. Que valores queremos transmitir aos nossos filhos e netos. Se alguém duvida que é proibido o consumo de bebidas alcoólicas na via pública, vejam os exemplos dos países europeus e os EUA.

    Cordialmente.

  4. Mindelense

    Sr. MINDELO, na sociedade todos bebem, policias, engenheiros, deputados, encarregados de limpeza, médicos, enfermeiros, professores, advogados, juízes, etc…, agora temos de beber em locais apropriados. Temos de parabenizar este excelente trabalho da PN, vamos ser um cidadão participativo e construtivo, denunciando todas as más práticas e enaltecer as boas, apresentando aqui ideias para resolução dos males sociais. PN, verifiquem na Rua Angola, Praça dos Namorados, etc…

  5. Idelcio Gomes

    Senhor, Pedro antes de combater este flagelo, o senhor comandante devia chamar atenção aos agentes da BAC, que todos os dias andam a embebedar e a parodiar com adolescentes na casa de um colega deles que antes morava em Cruz João Évora, quando estão de serviço. Também os policias de Piuquete e das esquadras, que só para falar com eles dão o bafo, e sómente depois atuar civis.

  6. Bina

    Pegou pesado Idelcio, mas se for verdade a sua afirmação, os polícias estão pegando ainda mais…e d facto merecem ser castigados por isso. Quanto ao q vem acontecendo nos desfiles dos Mandigas penso q, os Próprios Mandingas e alguns pais devem colaborar nessa missão dos polícias 1vez q quem comete essas infrações são na maioria adolescentes menores e Estudantes Universitários(q vergonha). Isto pq essa criançada vai atras q gosta e estando nessa multidão sem controlo dos pais ou dum maior será…

  7. Bina

    …será certamente influenciado.Portanto, esse pssoal com essa atitude mto feia e reprovável q segue os desfiles, só dá 1má imagem a população jovem da Ilha e não só. Pr1 ilha q reclama crise profunda principalmente na classe jovem, estes devem sair, mas com cartazes manifestando akilo q d fato precisam ou tendo atituds +responsáveis. ‘Os Mandinga’, sendo 1organização, diante dos seus seguidores deveria impor mais respeito nos desfiles e CMSV tbém tomar uma atitude ou então proibir tais desfiles.

  8. raiva

    sr Idelcio Gomes, quase bo algo contra policias. bo te faze um acusação leviana desse tipo li contra agentes da PN em SV e de certeza bo q te pode prova o q be dze. so pelo facto d bo oias ne casa d um colega não significa q es te estod te embebeda. quando te da bzot vontade de fala asneira e crucifixa policia bzot te aproveita desse situação li pe tra bzot dia. no tem q aceita q policia na SV tem vindo te faze um bom trabalho e q no esquece q qdo no te enrasca é es q no te tchema. viva PN

  9. raiva continuação

    no q deve esquece q es e ser humano es q te consegui faze tudo e sempre dret pe agrada gregos e troianos. basta tem algum noticia e q te fala d policia as te aproveita pe criticas. Bzot lembra manera q Sv tava ha 3 anos atras. NO PARA Q PALHAÇARIAS e no colabora q policia pe es pode continua te faze mais e melhor trabalho.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.