João do Rosário diz “que a revolução industrial precisa começar em São Vicente”

19/06/2012 01:53 - Modificado em 19/06/2012 01:53

O PTS levou suas ideias e propostas a população de Bela Vista. Depois de alguns problemas técnicos o partido conseguiu falar a população. A plataforma do partido foi levada ao conhecimento dos moradores dessa zona. A questão da habitação social e da industrialização da ilha esteve presente no discurso do candidato do PTS a câmara municipal.

 

Para os que conseguem fazer suas próprias casas João do Rosário deu um bem-haja. Mas para os que não conseguem fazer por causa de baixos salários prometeu dar “projectos, matérias e terrenos aforrados para construir as suas casas”. Para as pessoas que não tem condições para fazerem suas próprias casas como solução sugeriu a sua ideia de transformar contentores em casas, como acontece em outros países.

Transformar São Vicente num pólo de desenvolvimento e numa ilha de produção é outra proposta do PTS para que a ilha de São Vicente seja industrializada. Que ao invés de importar e usar matérias-primas da ilha para transformação. Garante que é dessa forma que se consegue criar trabalho em São Vicente e pode “dar o passo qualitativo e sair do marasmo em que a ilha se encontra”. E neste sentido João do Rosário afirma que os outros partidos estão “estéreis” em termos de trazer algo de novo para o desenvolvimento de São Vicente.

Para a zona de Bela Vista propôs o orçamento participativo em que cada zona recebe o seu quinhão baseado no número de moradores acreditando que assim “trará justiça na distribuição da riqueza da câmara municipal”.

Todos estes projectos, na perspectiva do líder do PTS, são para tornar São Vicente numa ilha forte capaz de gerar o seu próprio desenvolvimento. Com as universidades existentes na ilha do Rosário garante que tem matéria para trabalhar e que industrializar a ilha faria com que não fosse necessário os formados procurem outras ilhas para trabalhar.

E apelou ao voto da população porque a “revolução industrial em São Vicente vai começar no dia um”.

  1. manuel miranda

    Promessas de capamha, são coisas de 1 de Abril. Eu, não acredito e você!

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.