Monte Sossego pede participação assídua dos mindelenses no Carnaval

12/02/2014 00:23 - Modificado em 12/02/2014 00:23

AntonioCom o tema “Copa 2014, os caminhos entre Cabo Verde e Brasil. Os 30 anos de Monte Sossego”, o grupo carnavalesco do Monte Sossego, já se prepara para o Carnaval 2014. Os ensaios já iniciaram e os andores já estão muito avançados. Para o presidente do grupo, este ano a concorrência será maior devido ao número de concorrentes.

O presidente do Monte Sossego, António Duarte, adianta que tudo está a correr normalmente. Quanto à preparação do Carnaval, “está tudo a correr normal, está bastante avançada, estamos numa semana decisiva, as últimas semanas são para o acabamento”. Os ensaios iniciaram no dia

O grupo terá três andores, com 1200 a 1300 figurantes, quanto às alas, António Duarte preferiu não adiantar, pois ainda não fecharam, mas disse que a idade é dos 6 aos 80 anos.

O grupo tem uma música de Constantino Cardoso e sai às ruas do Mindelo com o tema “Copa 2014, os caminhos entre Cabo Verde e Brasil. Os 30 anos de Monte Sossego”.

“Alguns patrocinadores privados já começaram a conceder o próprio contributo, mas a grande maioria ainda não”, adianta António Duarte.

Para o presidente do grupo Monte Sossego, a concorrência este ano é forte, não só pelos grupos que normalmente desfilam, mas pelo número de grupos que desfilam.

Para ele, as pessoas têm uma mobilização natural, porque quem sai uma vez no grupo do Monte Sossego sai todos os anos, por isso, pede à população de São Vicente, principalmente de Monte Sossego, para desfilar no grupo.

António Duarte acredita que a participação assídua dos são-vicentinos é importante para que haja um bom Carnaval este ano. No ano transacto o grupo Monte Sossego ficou em 3º lugar.

  1. Baldoque

    Penso que a palavra que queriam usar não é “assídua” mas sim “Maciça” ou “Massiva”.
    Bom, se tivermos em conta a qualidade apresentada na peça (Se é que podemos apelidá-la de Peça), não exigiremos que usasse uma outra palavra.
    Publiquem se faz favor

  2. concordo consigo.

    realmente concordo com o comentarista anterior.
    a qualidade da escrita é deplorável.

  3. Duvido

    Duvido cara, esse erro não é da NN, esse paspalho do Patcha anda sempre em esbardalhanços com o portugues, fala muita bolinha, até que ele quando vai dizer uma coisa vê para os sapatos e se emociona. Ai cara né?

  4. manuel s.s.s.

    Sair com um grupo carnavalesco en sao vicente com 1200 figurantes nao e boa idea.porque ja deu provas uma vez. Aprimeira ala nao houve a batucada ao dacar parece ums palhacos. Porque dancar sem ouvir muzica e coisa estranha.
    Todos os grupos deveriam ser esigidos o numero minimo e o maximo de figurantes para o desfile. Acomicao de carnaval deve rever esse [roblema.

  5. Mindelense

    Fala meu cumpade “Duvido” parece que o Patcha te incomoda hein!!! Ahahahahha, vê liga, nenhum cabo-verdiano tem obrigação de falar e escrever bem o português, já que a língua mãe não é a portuguesa, mas sim a crioula, Consulta o site de educação do governo português e vê a razia de negativas que é a disciplina de português em Portugal.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.