Falta a mobilidade dos médicos

19/06/2012 01:44 - Modificado em 19/06/2012 01:44

Os Centros de Saúde nas cidades do Mindelo e da Praia passarão a funcionar num período de serviço de 10 horas diárias. A política organizativa foi aplicada pelo Ministério da Saúde como forma de melhor servir os utentes que procuram os serviços nessas unidades de Saúde. Segundo a ministra, Cristina Fontes com o alargamento do horário de atendimento, o ministério fez a contratação de mais 60 enfermeiros para possibilitar um serviço de qualidade nos centros de saúde e nos hospitais

 

A Ministra da Saúde, Cristina Fontes anunciou que os Centros de Saúde nas cidades do Mindelo e da Praia passarão a funcionar num período das 8 horas às 18 horas. Para Cristina Fontes a decisão do governo irá de encontro as necessidades dos utentes, porque houve uma necessidade adoptar um modelo organizativo das estruturas de saúde para melhor servir à população das duas cidades.

Segundo a ministra “ temos as condições mínimas reunidas graças a um esforço feito com esta reorganização no sentido dos centros funcionarem por um período de 10 horas por dia. Neste momento iremos garantir a mobilidade dos médicos entre os hospitais e os centros de saúde, porque um dos pontos importantes nesta reforma é demonstrar que não estão os centros de saúde a trabalhar de um lado, e os hospitais de outro”.

Por isso a Ministra da Saúde defende que o Sistema Nacional de Saúde é um todo, e que todos os meios da saúde devem estar à disposição da população. Com o alargamento do horário, o governo teve que contratar mais 60 enfermeiros, uma politica segundo Cristina Fontes para que o pessoal da saúde saía do estabelecimento hospitalar e vá ao encontro do paciente na sua comunidade.

  1. santos rodrigues

    grande iniciaiva, pois precisamos de mais saúde,

  2. santos rodrigues

    obrigado ministéro de saúde

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.