Pastor encontrado morto junto da lixeira: Só a autopsia vai determinar a causa da morte

11/02/2014 07:59 - Modificado em 11/02/2014 08:37
| Comentários fechados em Pastor encontrado morto junto da lixeira: Só a autopsia vai determinar a causa da morte

pastorFoi encontrado na tarde de segunda-feira, 10,um corpo sem vida num terreno baldio situado nas imediações da lixeira na ilha de São Vicente. Trata-se de um indivíduo de 28 anos, de nome Manuel Lima dos Santos. A vítima era natural da localidade de Chã D´Norte, concelho do Porto Novo, Santo Antão. Mas residia há alguns anos em São Vicente, onde trabalhava como pastor de animais.

 

O corpo estava prostrado no chão e foi encontrado por um jovem que fazia parte de um grupo de cidadãos que foi à procura de Manuel dos Santos, conhecido por Ney. A vítima era pastor de animais do Talho Pimenta & Verduras e saiu de manhã para levá-los ao campo.

 

Factos

 

Porém, por volta das 12h30min, horário em que Manuel tinha o hábito de regressar aos estaleiros de trabalho, o mesmo não compareceu. Todos os animais que estavam sob a tutela da vítima chegaram aos estaleiros sem a companhia do seu guia. Foi então que um grupo de colegas de trabalho saiu pelas encostas da lixeira para localizar o paradeiro de Manuel.

 

A localização do corpo da vítima foi feita por volta das 13h30min por um dos indivíduos que avistou os dois cães que acompanhavam Manuel dos Santos na sua ocupação. O corpo estava prostrado sem vida num terreno baldio e com pedregulhos. Trazia uma mochila às costas, a sua roupa de trabalho, um gorro e botas de borracha. Manuel foi encontrado com uma lesão na cabeça, no rosto e na mão direita.

 

Diligências

 

O Comando da PN fez deslocar ao local uma Unidade de Piquete que confirmou os factos e accionou a Polícia Judiciária, a Delegacia de Saúde e os Bombeiros. O corpo da vítima foi conduzido para a casa Mortuária do Hospital Baptista de Sousa pelo corpo dos Bombeiros, depois das autoridades competentes terem autorizado a sua remoção do local.

 

O NN apurou que a Delegacia de Saúde e a PJ irão realizar o exame médico para apurarem as causas da morte. As autoridades não avançam pormenores sobre o que terá provocado a morte de Manuel. Por agora, este caso continua a ser um mistério que a Polícia Judiciária terá de esclarecer.

 

Assim, o corpo ficou na morgue à espera da análise e parecer médico para que a PJ saiba esclarecer as dúvidas que impedem as autoridades sanitárias, a polícia criminal e os familiares de saberem o que provocou a morte desse cidadão.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.