Tubarões Azuis fora do Mundial 2014: o culpado que se acuse !

3/02/2014 07:03 - Modificado em 3/02/2014 07:03

cv selecçãoO Tribunal Arbitral do Desporto, TAS, indeferiu o recurso da Federação Cabo-verdiana de Futebol que pedia a anulação da decisão da FIFA que ditou o afastamento dos Tubarões Azuis do acesso ao play-off de apuramento para o Mundial 2014, no Brasil. Cabo Verde fica , oficialmente,fora do acesso ao Mundial, pois permanece em vigor a punição imposta pelo Comité Disciplinar contra a FCF por utilizar um jogador irregular no jogo contra a Tunísia que a selecção venceu por 2-0 e fez os cabo-verdianos sonharem com o Mundial de 2014 no Brasil.

 

Em conferência de imprensa, o presidente da FCF, Mário Semedo afirmou que o Tribunal Arbitral do Desporto manteve a decisão da FIFA que puniu Cabo Verde com uma derrota e a eliminação do acesso ao play-off para o apuramento do Mundial 2014, pois a selecção cabo-verdiana utilizou de forma irregular o jogador Fernando Varela no jogo com a Tunísia, uma vez que o atleta estava a cumprir castigo por conduta antidesportiva.

 

Apesar de não concordar com a decisão, Mário Semedo sublinhou que por agora só resta à FCF aceitar a mesma pois, de acordo com os estatutos da FIFA e o regulamento do CAS, a decisão não é passível de recurso, ou seja, os cabo-verdianos viram tramado o sonho de ver Cabo Verde chegar ao Mundial 2014 e agora só resta acompanhar o desempenho das outras selecções pela televisão ou internet.

 

Inconformismo

 

“Saímos inconformados de todo o processo, mas de consciência tranquila e com a convicção profunda de que, desportiva e judicialmente, as decisões finais deveriam ter sido totalmente opostas e que tudo fizemos, aliás como sempre, para defender o nosso país e o nosso futebol” afirma o presidente da FCF.

 

Revolta

 

O afastamento da selecção nacional de futebol dos play-off de acesso ao Mundial no Brasil tem muitas perguntas sem respostas. Perguntas que a direcção da FCF tarda em responder. Mas que são feitas pelos cabo-verdianos que querem respostas e culpados que tendem a manter-se em silêncio, depois da FIFA e do TAS terem negado o recurso de contestação interposto pela FCF.

 

Afinal quem tramou o sonho dos cabo-verdianos que, pela primeira vez, se preparavam para apoiar a selecção na fase de play-off de acesso ao Mundial 2014? Quem decidiu que o castigo de Varela tinha terminado? Estas perguntas continuam por responder, quando há internautas a pedirem a demissão dos membros da FCF.

 

  1. José Furtado

    O presidente da FCF por uma questão ética, mas também de humildade restava-lhe simplesmente demitir-se. Todos os cabo-verdianos reconhecem-lhe mérito pelo bom trabalho que vinha fazendo em prol do futebol e seleção de Cabo Verde, mas ele é uma figura pública e por isso não pode achar-se imaculado e livre de criticas pelo tratamento desta questão, que afastou Cabo Verde dos play off para o Mundial. E, eu até considero que as criticas foram leves, porque desde Setembro os cabo-verdianos esperavam por esclarecimentos, que ainda não convenceram ninguém.

  2. Baldoque

    Ó Mário Semedo Ba da catxorr bonh.
    Kem e ke bo ti te bem inganá. Bo sebia diazá ke Cab Verde ka tinha komo ba disputá jogo ma Camarões. Palhasada e ke bo te na el. e te pensá ke nos e palhaso tambe. Pô lugar a dispozisão. Largá da mom. Despedi bo cabesa. e txá nox em pax. Ba katá kukim. Ba rudiá bolsinha. faze kolker kosa, menoj bem pta jent areia na oi. Ba espiá se um te ne eskina. Seí de federason. Se bo ke sei, pej ptob da lá. bo ka tem lugar la mas.

  3. Luis Geronimo

    Engraçado.. isto sao palavras para boi dormir. o badiu que apoiou financeiramente a selecção na CAN devia ir a rua. Em SV ouviu-sebocasdeque FCF vendeu o título a FIFA..pois hoje em dia os sorteios sao viciados de acordo com interesses financeiro.. ou sejammanipulam os jogos que dão $ e encham estadios. Agora devia haver uma CPI (Comissão parlamentar de Inquerito) de futebol pois ha tempos um jornalista portugues falou que 5 selecoes africanosvenderam a qualificação do mundial…

  4. D ' Bia

    É preciso ter lata de continuar a frente da Federação Caboverdeana de Futebol. Noutros Países já estava fora há muito tempo. Sem vergonha, saí , saí e sái.

  5. Jorge barbosa

    E o dinheiro gasto no recurso? Com essa quebra que o governo de Cabo Verde esta? Podia ser utilizado para investir na practica do desporto para os jovens.

  6. Bitino

    Só os incompetentes não reconhecem a gravidade dos erros e o mal que causam aos outros. Triste essa postura do Mario Semedo.

  7. Robin

    Reparem o que diz Mario Semedo: “Saio do processo de consciência tranquila” Como é possível que mario esteja de consciência tranquila, depois do que fez? Máro não tem a mínima noção da realidade e do mal que fez a este país e a este povo. E a ainda por cima não se demite. Descaramento a mais…

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.