Bomba explode em Roma antes de Hollande ser recebido pelo Papa

24/01/2014 14:34 - Modificado em 24/01/2014 14:34
| Comentários fechados em Bomba explode em Roma antes de Hollande ser recebido pelo Papa

papaUma bomba artesanal explodiu na madrugada desta sexta-feira junto a uma igreja francesa de Roma. O incidente, que provocou pequenos estragos materiais, aconteceu pouco antes de o Presidente François Hollande ter sido recebido pelo Papa, na primeira visita ao Vaticano desde que tomou posse.

 

A ligação entre os dois acontecimentos foi feita pela secretária da embaixada francesa em Roma que, em declarações à AFP, explicou que na rua onde se deu a explosão “existe apenas a Igreja de Saint-Yves de Bretons, que integra a rede de instituições católicas francesas em Roma, e um restaurante”. A responsável, que a agência não identifica, acrescentou que ninguém reivindicou a acção, mas que “uma das hipóteses m investigação é que este acto esteja ligado à visita do Presidente” ao Papa Francisco.

 

A bomba explodiu cerca das 2h30 (1h30 em Portugal continental) na Vicola della Campana, uma pequena rua do centro histórico da capital italiana, partindo um dos vitrais da igreja e danificando três automóveis estacionados na rua. Os restos do engenho estão a ser analisados por agentes da unidade de explosivos dos Carabiniere para tentar determinar a sua origem.

 

Com a visita ao Papa, Hollande quer enviar “uma forte mensagem de diálogo e de atenção” aos católicos” franceses, explicou à AFP um dos seus conselheiros, reconhecendo que o Presidente socialista é ainda mais impopular junto deles.

 

Eleito há ano e meio, Hollande visitou já quatro vezes Roma, mas só agora atravessou os muros do Vaticano, numa visita marcada pela convergência de posições com o Papa Francisco sobre os grandes temas internacionais – o Presidente elogiou nos últimos dias “a grande autoridade moral” de Francisco –, mas por um profundo desacordo sobre os temas sociais, a começar pelo casamento entre pessoas do mesmo sexo, a primeira promessa de campanha que concretizou, gerando grande contestação entre os católicos em França.

 

 

publico.pt

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.