Tripulante do cargueiro Terry Tres ainda não apareceu

21/01/2014 00:10 - Modificado em 21/01/2014 00:11

Depois de realizarem buscas na ilha de Santa Luzia, as autoridades marítimas e a agência Polar não encontraram qualquer vestígio do corpo do tripulante Jorge “Djack Djunuta” dos Santos. Com o passar dos dias, as esperanças de encontrar o corpo do cidadão que trabalhava como cozinheiro no navio Terry Tres começam a desvanecer. Sem vestígios do corpo no mar ou na zona costeira, a angústia continua a consumir a família que esperava resgatar o corpo do tripulante.

 

O desaparecimento de Jorge dos Santos ocorreu no dia 26 de Dezembro quando o cidadão trabalhava a bordo do Terry Tres, navio encalhado em Santa Luzia. Volvidos 26 dias, o paradeiro do tripulante continua a ser um mistério. Morador na localidade de Alto Miramar, “Djack Djunuta” de 49 anos fazia parte da tripulação de segurança que a agência Polar colocou a bordo da embarcação que se encontra encalhada na Praia Francisca.

O NN sabe que o tripulante estava a ter alucinações e que chegou a cair ao mar por duas vezes, tendo sido resgatado por um colega da equipa. “Jorge estava a ter delírios, dizia que a sua companheira estava a chamar por ele e ainda, que estava a ser perseguido por algumas pessoas, por isso, tinha de se ir embora. Mas a dada altura, fintou a vigilância dos colegas e caiu ao mar, deixando as suas chinelas a bordo do Terry Tres”.

Buscas

A Capitania dos Portos de Barlavento e a Agência Polar, com o apoio dos tripulantes do Terry Tres e dos pescadores da localidade de Salamansa, efectuaram buscas na ilha de Santa Luzia e nas imediações, porém, até ao momento, não há qualquer sinal do tripulante Jorge dos Santos.

E sendo a ilha de Santa Luzia tão pequena, é improvável que Jorge esteja na ilha. A hipótese de ter saído não tem cabimento porque não tinha meios para o fazer. Mas o certo é que o corpo ainda não foi encontrado.

A ansiedade tomou conta da família de “Djack Djunuta” que mantém a esperança de que este esteja vivo. Diz que a esperança é a última a morrer, mas este online sabe que a confirmar-se que Jorge dos Santos se fez ao mar, há circunstâncias do estado do mar e das correntes marítimas que podem ditar outro desfecho ao caso.

 

  1. LUIS LOPES DA GRACA

    Foi com muita tristeza que so agora recebo essa tragica noticia!
    Amigo de infancia e figura no alto de Miramar e “Tras de escolar” para colegas da sua idade.
    Ha uns anos atras foi o nosso amigo Tony Body e agora o nosso Djack.
    A familia toda a minha compreensao e muita coragem.

    Um forte abraco

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.