Ângelo Fernandes: O treinador para o presente

17/01/2014 07:22 - Modificado em 17/01/2014 07:22

angelo 1Ângelo Fernandes, treinador dos escalões jovens do Atlântico FC, com 24 anos já conta com um trajecto no futebol local, mas ainda aspira outros voos que o podem levar a engrandecer a sua carreira de treinador. Desde os dezoito que já estava nos bancos. Como conta, queria ser um jogador de futebol mas a avó ia buscá-lo algumas vezes ao campo pois, ela não queria que ele jogasse. E começou a jogar só aos 15 anos e não conseguiu acompanhar os colegas. Mas a decisão recaiu sobre ser treinador e diz com “confiança que entende muito bem de futebol”.

 

Começou como treinador-adjunto do Ases do Norte e hoje já tem os seus objectivos claros. “Meu objectivo é subir mais alguns patamares”. Hoje com seis anos de experiência, espera ter uma oportunidade para conseguir treinar ao mais alto nível e, por isso, gostaria de ter uma oportunidade de treinar uma equipa sénior. E para que isso aconteça, quer ter uma formação específica que lhe possibilite almejar esse objectivo.

 

Com confiança no seu trabalho, garante que se conseguir uma equipa mesmo que seja da segunda divisão, promete resultados dentro de dois anos. “Com a minha forma de trabalhar sempre tive resultados no arco de dois anos mesmo com miúdos e aqui estamos a falar da essência do trabalho e a forma como é feito”, garante Ângelo.

 

Depois de passar por alguns clubes de formação encontra-se, no Atlântico. E como explica, baseia o seu trabalho em princípios: educação, responsabilidade e união. “Se há estes princípios, consegue-se chegar aos objectivos. Desde que se tenha união, um grupo coeso e bons amigos as coisas tornam-se mais fáceis como treinador”, explica Ângelo. E são estes princípios que acompanham o Ângelo no seu trabalho pelos vários clubes por que já passou, Ases do Norte, Mindelense.

 

Projecto de escolinha de formação

 

Da sua experiência de formação de jovens em escolinhas de futebol pretende abraçar um projecto de ensino de jovens. Com o nome inicial de “craques de Mindelo” espera formar jovens que possam singrar no futebol.

 

“Vai ser uma alternativa para os meninos que vão para escolinhas onde os pais não estão satisfeitos com a evolução dos filhos”, explica Ângelo. E é com este propósito que vai iniciar o projecto. O projecto já está bem encaminhado e vai ter início no final deste mesmo começando com uma turma. Os treinos realizar-se-ão no campo de Bitim, em Monte Sossego

  1. ketumba costa

    angelo 1 bocadim mas de humildade bote consegui lembra k treinador jovens è1 educador e kbo ta pa forma jovens e nao pa formata jovens …ma 1 te acredita kbo te intende e 1 dia bo te consegui bos objectivo ma lembra sem humildade è impossivel

  2. Ricky

    Tou super de acordo Ketumba !!! Humildade é sempre importante ! sem ele é quase impossivel bai pe algum lugar ! ter só qualidade ca ta chegá !

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.