Futebol feminino: descontentes com a mudança do campo

5/04/2012 16:10 - Modificado em 5/04/2012 16:10
| Comentários fechados em Futebol feminino: descontentes com a mudança do campo

O NN constatou que os treinadores, atletas e árbitros estão descontentes com a mudança de campo para os jogos do campeonato regional de futebol feminino. A ordem da mudança foi emitida através de um comunicado feito na semana passada pela ARFSV.

Os treinadores, atletas e árbitros, estão descontentes com mudança de campo para os jogos do campeonato feminino. Segundo alguns treinadores e atletas “no campo da Belavista os jogos tinham mais audiências por parte dos adeptos”. Mas no campo Bitim, em Monte Sossego onde foi realizada a 5ª jornada do campeonato feminino, praticamente ninguém assistiu os jogos.

Segurança

Porém o presidente da ARFSV, Denis, avançou ao NN que “a ARFSV decidiu fazer esta mudança para uma maior segurança dos atletas, treinadores e equipas de arbitragem”.

Pois segundo o presidente Denis “ no campo da Belavista não há segurança. Porque facilmente os atletas, os treinadores e árbitros podem ser agredidos por adeptos, porque estes tem acesso ao relvado, porque a bancada fica dentro do campo”. E para que isto não aconteça a ARFSV decidiu fazer esta mudança. Acrescenta o presidente que “no campo Bitim de Monte Sossego há uma maior segurança porque os adeptos ficam do lado de fora do campo e não têm acesso ao campo”.

Bombeiros e Policiamento

Outro problema que os treinadores e atletas colocaram ao nosso jornal é a falta de policiamento e do corpo dos Bombeiros durante os jogos do campeonato. Pois nas jornadas anteriores houve situações em que foi necessário chamar os bombeiros e os policias para intervir.

Porém o presidente da ARFSV garante que a associação tem trabalhado no sentido de resolver a situação. Segundo Denis “temos de dar um passo de cada vez. Neste momento não nos é possível colocar agentes da PN e do corpo dos Bombeiros em todos os campos, mas sempre que há jogos temos o cuidado em avisar a PN e o 4º árbitro tem a ordem de chamar os bombeiros sempre que necessário”.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.