João do Rosário: a tarefa de criar dois postos de trabalho por dia durante quatro anos

14/06/2012 03:22 - Modificado em 14/06/2012 03:22

João do Rosário, candidato do PTS a presidência da CMSV, disse ao NN que a pré – campanha foi uma agradável surpresa devida a forma como as pessoas receberam as mensagens do seu partido.

 

Rosário disse que “ acho que o eleitorado mindelense está maduro para receber novas ideias e abraçar novos projectos políticos “. Isto por que no seu entender “sentiu que existe uma grande rejeição as ideais e a forma de fazer política dos partidos que tem estado no poder, quer a nível nacional, quer a nível local.

O candidato do PTS afirma que a questão do desemprego é a sua grande preocupação. E caso vença as eleições promete criar um gabinete cuja função será empregar duas pessoas por dia durante quatro anos. O que feito as contas vai dar os tais três mil postos de trabalho que defende que uma câmara PTS seria capaz de criar durante um mandato.

Rosário diz que parte tranquilo para a campanha visto que “ vou dar o meu melhor, porque sei que o faço por São Vicente “

  1. João de Castro

    Amigo João
    Por natureza és um ilusionista mas as tuas atitudes não convencem ninguém tens feito sistematicamente um papel ridiculo.
    Queres copiar o J. M.N. nas mentiras, não consegues sabes até para mentir é preciso ter QI eleva q é o que te falta.
    Já arranjastes pessoal para encher a lista?
    Vai ser dificil. de qualquer forma penso que os S. Vicentinos já nem te ligam nenhum, mas se houver alguns que vão na tua cantiga aproveita.
    Já agora já pagastes aos tripulantes do tuninha?
    Boa Sorte

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.