Odair Fortes “ Errei ao agredir com um soco o árbitro assistente”

18/12/2013 00:18 - Modificado em 17/12/2013 23:45

O capitão do Batuque FC, Odair “Dai” Fortes, envolvido num caso de agressão a um árbitro assistente no jogo com o CS Mindelense sublinhou que a sua conduta surgiu de um acto irreflectido, pelo que aguarda as consequências disciplinares. Dai endereça um pedido de desculpas a todas as instituições ligadas ao futebol, árbitros, colegas de profissão e adeptos.

 

Com uma carreira de 10 anos no escalão sénior, Dai sublinha que nunca premeditou tal situação e que a sua conduta anti-desportiva deixou marcas na sua vida e no futebol são-vicentino, sabendo que terá uma punição à medida do acto.

 

Odair Fortes diz que errou ao atingir Adilson Pinto com um soco na face, uma vez que a sua acção manchou o bom nome do futebol. Movido pela adrenalina e emoção do jogo, o entrevistado assegura que ao receber ordem de expulsão, num lance onde apenas tentou jogar a bola, acabou por fazer a pior escolha.

 

Dai já conheceu a punição criminal, pena de multa de oito mil escudos e agora vai aguardar pelo parecer do Conselho Disciplinar, sabendo que a sua conduta lhe vai valer um castigo de suspensão de um a quatro anos.

 

 

 

  1. alceu alves

    apesar de ter sido quase perdoado pela nossa justiça,… Dai ta merecé ser CASTIGOD pa leis do desporto, um ta esperá kel ta tma um bom castigue, pois violência no desporto, Srº Capitão, ka ta na moda.

  2. Titito - S.Pedro

    Ess Odair é de Salamansa de serteza, né devera?

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.