Instagram com mensagens e fotos privadas

16/12/2013 09:32 - Modificado em 16/12/2013 09:32
| Comentários fechados em Instagram com mensagens e fotos privadas

instagramAgora já pode mandar mensagens (e fotos) privadas no Instagram. A ferramenta tenta, assim, competir com as aplicações de troca de mensagens.

 

Um dos mais utilizados serviços de partilha de imagens online apresentou há umas horas uma nova funcionalidade: o Instagram Direct. Através dessa nova característica do serviço é possível mandar mensagens privadas e fotografias a um número máximo de 15 pessoas de cada vez.

 

“Há momentos na nossa vida que queremos partilhar, mas que serão relevantes apenas para um pequeno grupo de pessoas: uma piada privada entre amigos, um momento familiar especial ou apenas mais uma foto do nosso novo cão. O Instagram Direct ajuda-o a partilhar esses momentos”, é explicado no blogue da empresa.

 

O processo de envio é simples: ao fotografar ou filmar um acontecimento, o utilizador vai passar a ter a opção de seleccionar com quem o quer partilhar, escolhendo fazê-lo publicamente (usando a opção “Followers”) ou enviando por mensagem privada para os amigos que escolher nessa altura (no menu “Direct”).

 

Tal como acontece com o sistema de caixa de entrada do Facebook, por exemplo, o utilizador apenas poderá enviar diretamente fotos e vídeos para quem segue e se a pessoa também o seguir. Caso isso não aconteça, o utilizador que receber conteúdo de outro que não segue é notificado pelo Instagram, tendo a opção de aceitar ou rejeitar o que lhe foi enviado.

 

Para além do conteúdo visual, os utilizadores também poderão trocar mensagens de texto, abrindo, assim, o diálogo direto entre instagrammers, uma comunidade que já conta com cerca de 150 milhões de inscritos. Será, igualmente, possível perceber quem já viu a foto e quem “gostou”, bem como comentá-la em tempo real, como num chat.

 

Desta forma, o serviço parece tentar competir diretamente com diversas aplicações de troca de mensagens que têm ganhado destaque nos últimos tempos, como o Whatsapp, o Viber ou o Snapchat.

 

Estas alterações já estão a ser implementadas em todos os dispositivos onde o Instagram está instalado, não sendo, por isso, necessário fazer o download de uma nova aplicação.

 

 

cm.pt

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.