Homem suspeito de participar na tentativa de homicídio ao ex-futebolista Punês fica em liberdade

13/12/2013 00:02 - Modificado em 12/12/2013 23:54

algema_liberdadeO Tribunal da Comarca de São Vicente colocou em liberdade o cidadão, José Luís, conhecido por Sampé, detido por suspeitas de ligação à tentativa de homicídio ao ex futebolista Punês. O indivíduo, que por ora saiu sob Termo de Identidade e Residência foi detido pela Polícia Judiciária no âmbito de um investigação criminal para descobrir a quem atentou contra Punês com uso de uma pistola.

 

O Primeiro Juízo Crime procedeu ao interrogatório do indivíduo detido pela PJ por suspeitas de participar na tentativa de homicídio ao ex jogador de futebol Punês. José Luís detido na terça-feira no âmbito de um mandado de busca e apreensão foi questionado pelo juiz sobre a sua ligação ao processo que averigua uma tentativa de homicídio contra o ex futebolista Punês.

Este online sabe que o indivíduo negou ter qualquer ligação ao caso, ao afirmar que “não sabe porquê da sua detenção, e quais as razões que levaram as autoridades a suspeitar que participou na tentativa de assassinato a Punês”. José Luís assegurou que mantém uma boa relação com a vítima do atentado, e que desconhece o conteúdo do processo de investigação, cujas suspeitas colocaram-no banco do réu.

Com as diligências durante o interrogatório e nas análises ao processo de averiguações, o juiz não encontrou indícios de haver crime, e que pudessem privar a liberdade de José Luís, isto é aplicar-lhe a medida de coacção mais grave, a prisão preventiva. Neste sentido, o magistrado aplicou-lhe Termo de Identidade e Residência e apresentação periódica as autoridades.

O processo foi enviado ao Ministério Público para realização de uma investigação criminal para esclarecer os factos que culminaram na tentativa de homicídio ao ex futebolista Punês, e ainda se possível identificar os indivíduos que participaram no acto.

Recorde-se que o caso ocorreu no mês de Novembro, quando o ex-jogador Punês estava no interior de uma viatura na sua zona de residência, em Chã de Marinha. Foi abordado por um cidadão mascarado, que estava munido de uma pistola. O indivíduo apontou para Punês e, ao premir o gatilho, a arma encravou-se.

Perante a situação, o homem pôs-se em fuga e foi perseguido pelo ex jogador, que não o conseguiu interceptar, porque o atirador fugiu numa viatura que estava a sua espera. Por sua vez, Punês apresentou queixa à Polícia para que as autoridades encontrassem o sujeito.

  1. VITÚ-MONTE SOSSEGO

    devera, Punês, embora nós é de zona ma já bo fazé tcheuu coza men!! Hora de bo sumi kem bo É!!!!! Ness mundo tud gent tem de págá pa sés asnera…

  2. Manande-Sancent

    Diante de Punes, Sampé é um menin de coro de igrega!!

  3. UVID IMPE

    ahahahahahahah japa maltas t conxebe dret,grande pé di galo…até amdjer ele t faze riola…

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.