VBG: Homem com pena suspensa vai para a prisão por agredir outra mulher

12/12/2013 23:59 - Modificado em 12/12/2013 23:52

vgbO Tribunal da Comarca de São Vicente revogou a pena suspensa de um cidadão acusado do crime de Violência Baseada no Género. O cidadão Fernando, conhecido na cidade do Mindelo por Patpat tinha sido punido pelo Juízo Crime por agredir uma ex companheira. E agora voltou a cometer um novo crime de VGB, desta feita contra a sua nova namorada, por isso foi condenado a uma pena de três anos de prisão.

 

O Primeiro Juízo Crime procedeu a leitura da sentença de um processo-crime que acusava um cidadão de 35 anos, de agressão contra a sua nova companheira. O arguido voltou a sentar-se no banco do réu para responder a uma acusação pela prática de um crime de Violência Baseada no Género.

Desta feita, o sujeito que antes viu o Juízo Crime suspender-lhe a pena aplicada por agredir a ex mulher não escapou da prisão. Segundo o magistrado ficou provado que “o arguido agrediu a sua nova companheira, quando sabia que a sua conduta era punida por lei. O indivíduo estava com uma pena suspensa por prática de um crime de VGB, porém desrespeitou as normas jurídicas e não levou em conta as indicações do Tribunal”.

Por isso para evitar novos delitos e constituir perigo a integridade da vítima, decidiu-se pela revogação da medida de pena”. Com a decisão do juiz, o homem foi encaminhado para Cadeia de Ribeirinha onde vai cumprir três anos de prisão.

 

  1. Mindelense

    A justiça está de parabéns, mas na primeira agressão já deveria ter sido preso, teve-se que se esperar uma segunda agressão para que essa prisão fosse cumprida. Que esta situação seja exemplo para outras, e que este juiz não dê nunca mais uma segunda chance a esses cobardes que batem em mulheres. Queria ver esse meliante a agredir BAC, Chocada, ou mesmo ao corpo da Policia Militar!!! Aí sim, ele estaria a tentar provar alguma coisa, mesmo que seja errada…

  2. Fátima

    Parabéns a justiça.
    Nao deve haver chance nenhuma, tem de ser punido porque homens do tipo são psicopatas que abusam de mulheres. Vivi na pele essa situação horrenda e sei o que uma mulher passa nas mãos de bandidos como estes. No inicio tudo e bonito, depois as coisas complicam e nao e fácil libertar. Tem de haver muita coragem e determinação. E VENCER O MEDO que se apodera da gente.

  3. soncente

    cala boca deve ser uma dessas que nasceu feminina mas não merece de ser tratada como mulher mas sim como pistoleiras interesseiras materialistas e basta ver um homem com dinheiro não preciso saber se e honesto ou não já estão a fingir de boas namoradas quando o poço já esta a secar ja tem outro logo na mira e descaradamente fazem a troca sabendo que a lei os protege . hoje se tem uns 35 % que cumpre o seu dever como amante ou namorada ou como mulher casada o restante e so manipuladoras.

  4. Nita Fortes

    Ninguém é tambor de ninguém. Ê certo que geralmente é o homem que se arma em Tarzan na selva mas hà casos “do contrario” (selvagens atacando homens). Seja como for, não se pode admitir resoluções à pancada. Se somos gente temos de mostrar, se não somos vamos para o mato e àlei do mais forte.

  5. Djê Guebara

    A mulher caboverdeana para defender de essos classe de homens matchistas,tem que ser como Lorena Bobitt uma Ecuatoriana que aguentou vàrios golpes y maltratos do marido aqui em America,depois cuando ja ela não pudia aguentar mais então um dia pela a noite ela o deixou dormir e então com uma faca cortou o seu orgão masculino.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.