Amigos que se salvaram no acidente onde Pepy Boy morreu recordam a tragédia

12/06/2012 01:06 - Modificado em 12/06/2012 01:06

O jovem Patrick Ramos, “Pepy Boy” falecido, há um ano, em Portugal, vítima de um acidente de viação foi homenageado pelos amigos e familiares no Facebook. As saudações em memória de Pepy Boy falecido a 11 de Junho de 2011 foram postadas na sua página no Facebook e numa página dessa rede social dedicada ao jovem, natural da ilha de São Vicente.

 

Para os amigos de “Pepy Boy” a frase chave do amigo será uma prova da amizade eterna. Porque Patrick Ramos incentivava cada amigo a viver a sua vida e esquecer os problemas que atormentava cada um. O lema do jovem que faleceu aos 19 anos era “no vivi om vida e pe vive no txa de esparate li que terra love”.

O destaque das publicações vai para dois dos três jovens que seguiam na mesma viatura que Patrick Ramos. Segundo Agnelo Oliveira “um ano depois de eu ter vivido o maior pesadelo da minha vida, o meu desejo é que ao acordar tudo isso não passasse de um pesadelo, que ainda tu (Pepy Boy Ramos) estivesses cá entre nós. Partiste cedo, de uma forma fatal e dolorosa, fica a saudade da pessoa que foste que contagiava com a sua alegria… merecias viver muito mais”.

Por seu lado Elenir Santos postou que “hoje, eu Elenir Santos, Agnelo Oliveira e Andyra Costa prestamos a nossa sentida homenagem ao Pepy Boy Ramos e a família, dizendo o quão é a nossa dor e o sentimento de perda que ele nos traz. Sabemos que o Pai Celestial o conforta e os abraços da virgem mãe o envolvem e nos dá a coragem necessária de convivermos com a sua ausência intempestiva. O nosso amor que sentimos por ti mantêm te na nossa presença”.

 

Acidente

Recorde-se que “Pepy Boy” foi vítima de um acidente de aviação em Portugal. O acidente ocorreu às 05h30 (03h30 em Cabo Verde) quando a viatura em que seguia “Pepy Boy “ se despistou na saída da Av. dos Lusíadas em Lisboa.

Patrick Ramos foi autopsiado e de acordo com o médico legista o jovem sofreu poli-traumatismos, inclusive traumatismo craniano encefálico que provocou a morte imediata do jovem sãovicentino. O corpo de Pepy Boy foi transladado para São Vicente para ser sepultado na sua terra natal.

 

Vida

Patrick Ramos “Pepy Boy”, 19 anos viajou para Portugal com objectivo de realizar o seu sonho de ser futebolista profissional. Antes de rumar a comunidade estudantil de Alfornelos, em São Vicente “Pepy Boy” residiam na zona da Rotunda da Ribeira Bote.

 

Em São Vicente o jovem estudou na Escola Salesiana e jogou nos escalões de formação do Batuque Futebol Clube. “Pepy Boy” recebeu por diversas vezes faixas de campeão regional de São Vicente ao serviço do Batuque F. C.

 


  1. Fátima Fernandes

    Nem sei o que dizer… Um jovem tão cheio de vida, tão próspero, tão…/). Sem palavras para essa triste notícia…um sonho que por fim acabou sem antes se ter começado…a familia, os meus pêsames!

  2. yasmin Rodrigues

    Que descanse em paz o nosso eterno amigo Pepy….Meus sentimentos de pesames a familia….

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.