O problema é que o Natal não é todos os dias

3/12/2013 07:43 - Modificado em 3/12/2013 07:43
| Comentários fechados em O problema é que o Natal não é todos os dias

Loja ChinesaO NN visitou algumas lojas de chineses da cidade do Mindelo com o objectivo de saber como vai ser a venda nesta quadra festiva. Os chineses afirmam que já começaram as vendas desta época festiva e que, neste período, a venda é sempre boa.

 

Para Sara Fortes, responsável pela Loja Felicidade, as pessoas já começaram a fazer as compras para esta época festiva “o mês de Dezembro já entrou e as compras já começaram. Os chineses sempre vendem muito neste período, porque temos coisas mais baratas e mais diversificadas”.

 

Com o aumento das compras, a mão-de-obra é mais solicitada “somos quatro aqui neste estabelecimento e agora vamos contratar mais três para esta época”. Aumentamos as pessoas, para que haja sempre pessoas a atender bem os clientes e ter mais segurança”, acrescenta Sara.

 

Sara adianta que “as expectativas são sempre muito boas e espero que consigamos vender muito”.

 

Yang Li é chinesa e trabalha em Cabo Verde há sete anos e segundo ela, a venda tem corrido bem, “este ano, como sempre, espero que a venda corra bem, as pessoas já começaram a comprar e já perto do Natal as compras aumentam mais”.

 

“A partir do dia 23 de Dezembro contrato mais duas pessoas que vão até quatro de Janeiro, altura em que arrumamos e começamo-nos a preparar para o Carnaval”, afirma a chinesa.

 

Leiyu acredita que “as perspectivas para esta época festiva são muito boas, porque sempre vendemos mais nesta época festiva e, de certeza, este ano vamos vender muito”.

 

“Este ano já contratei quatro pessoas, ao contrário do ano passado em que contratei só uma e havia muita confusão na loja”, adianta Leiyu.

 

Para os chineses, nesta época do Natal e final do ano, vende-se mais e, este ano, esperam que não seja diferente. Afirmam que as compras já começaram e que vão até 31 de Dezembro.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.