Escola de Espia exige a colocação de sinais de trânsito

5/04/2012 15:56 - Modificado em 5/04/2012 16:03
| Comentários fechados em Escola de Espia exige a colocação de sinais de trânsito

O NN apurou que o corpo directivo da escola de Espia, São Vicente está preocupado com a falta de sinalização na estrada á frente da escola. Por isso apelam que sejam colocados sinais de trânsito e apelam a uma maior policiamento na escola para uma maior segurança dos alunos no horário de saída da escola.

O gestor da escola de Espia, em São Vicente está preocupado com a segurança dos seus alunos nos horários de saída da escola. Segundo o gestor Orlando Lima “a rua é muito estreita e muito movimentada, por parte de carros e de pessoas, principalmente crianças”. E pior fica quando a rua é ocupada pelos autocarros, camiões que fazem descargas e outros automóveis. Porém o gestor diz que “sabemos que a rua tem alguns sinais, passadeiras e quebra molas”.

A preocupação maior é nas horas de saída dos alunos da escola que saem com muita agitação e correm perigo de serem atropeladas à qualquer momento pelos carros que passam na rua.

Os pais dos alunos, também, já demonstraram as suas preocupações perante este problema. Pois segundo o gestor “um pai de um aluno foi contactar a CMSV no sentido de sensibilizar quem de direito para tentar colocar à frente da porta da escola uma barreira de protecção”.

Relativamente ao programa da PN “ escola segura”, o gestor afirma que “acha que a escola beneficia deste programa, mas só em termos de segurança, mas não de segurança rodoviária. Para evitar problemas maiores no futuro, o gestor apela a quem de direito que ordene uma maior fiscalização nas horas de saída dos alunos da escola.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.