Os cortes podem terminar hoje

28/11/2013 09:41 - Modificado em 28/11/2013 09:41

luz velaNos últimos dias, a ilha de São Vicente tem registado cortes de energia. Nos bairros, os cidadãos estão a viver sem electricidade nas suas residências, por períodos de tempo superiores a quatro horas. Os responsáveis da Electra não justificam a causa dos cortes e quando a situação será resolvida. Ou seja São Vicente virou Praia, pois convenhamos que não há paciência que aguente cortes de energia que não se sabe quando acabam.

 

Este online sabe que a causa da interrupção de fornecimento de energia eléctrica, que se prolonga até o momento, afectando diversas localidades da ilha pode ter a ver com avarias nos grupos de geradores de produção de electricidade nas centrais da Electra.

Por ora os cortes por parte da empresa são “por tempo indeterminado” na ilha de São Vicente. Ou seja a receita que a ELECTRA aplica na cidade da Praia. É que Electra não apresentou uma “ideia clara” sobre uma data para a resolução do problema, quando parece que estão a analisar a dimensão da avaria.Mas este online sabe que durante o dia de ontem os técnicos da empresa conseguiram resolver o problema . Deste modo é provável que os cortes terminem hoje

 

E as pessoas?

Os cortes do fornecimento de energia eléctrica deixaram as pessoas irritadas e perguntando “o que vão fazer sem electricidade”. Mas o que as pessoas não compreendem e não aceitam é o plano de corte ” por tempo indeterminado ”

.

“A energia eléctrica é algo que todos precisamos e sem ela é sempre difícil viver e trabalhar”, assegura António Reis, perspectivando o que está por vir. Opinião compartilhada por Marlon Rosário que acrescenta que vai ser uma “afronta”, quando não se sabe o dia em que tudo vai voltar a normalidade e o caos que se verifica nas ruas com a falta de iluminação pública.

As preocupações voltam também para os comerciantes que vem a sua vida dificultada com gestão dos produtos congelados. Vitória Ramos e João Borges lembram que nos dias sem energia que “são sempre difíceis de gerir a loja, uma vez que têm de fazer esforços para evitar constrangimentos com os congelados”.

.

  1. Django

    Eu não entendo o plano de corte da Electra, como é possivel que em Fernando Pó, Ribeira de Craquinha, M. Sossego… cortaram a luz duas noites seguidas.
    Essa gestão camarada precisa mudar, se não estamos fritos.

  2. consumidor

    Eletra está como o Eden-Park. Ninguém diz nada, ninguém faz nada. Estou farta de chegar em casa com planos do dia seguir e ter que o concretizar a luz da vela , quando pago mensalmente minhas contas sem ter desconto nenhum p7 X hora sem energia eletrica. Vejam se hoje façam uma gesta equilibrada das cortes, pois em “Rª Craquinha” os cortes são sempre a partir das 18:00 até hora a indicar. Eletra corre o risco de arder? Que arda! Duma vez por todas. Assim sabemos que quem não tem , não teima!

  3. Manuel Calado

    Vergonha das vergonhas. Já se começa a entender porque é que o Governo quer uma Electra Norte e uma Electra Sul. Todo o dinheiro para investimentos vai para o Sul e o Norte fica às escuras. Curiosamente os técnicos da ELECTRA, mesmo os nascidos a Norte não contestam esta postura de diferenciação. O povo é sereno de facto. Dantes ainda recebíamos um email, quando estávamos em crise, a dizer quando tínhamos corte ou quando íamos ter água. Desde que separaram as empresas até isso desapareceu.

  4. Humberto lima

    Porque ser á que nunca há cortes de energia na zona de dji d sal? Será porque é uma zona vip ou porque mora nessa localidade algum vip da Electra.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.