Laginha aprovada com distinção

28/11/2013 09:24 - Modificado em 28/11/2013 09:24

laginhaA praia da Laginha foi entregue aos mindelenses no último fim-de-semana, e a afluência das pessoas tem sido boa. Os mindelenses sentiram falta da praia que esteve encerrada por cerca de quase dois meses. Mas as obras satisfazem os que têm frequentado a praia.

O mesmo movimento que foi interrompido com as obras ganha vida outra vez. Os passeios matinais e ao fim da tarde que foram “desviados” para outros lados voltam ao seu lugar original. “Laginha é mais do que uma simples praia para os mindelenses” diz Matias, que confessa ser um bom frequentador da praia.

Mas os temores sobre a praia vão se dissipando com o uso. Apesar dos mindelenses estarem a gostar da obra, do resultado final na praia, ainda tem alguns itens que “vão melhor com o tempo”. O primeiro é acostumar com a praia. O que mais impressiona na praia é a sua dimensão. A Laginha foi sempre uma praia de média dimensão mas ficou maior com as obras. Piadas têm surgido agora pela dimensão da praia, e uma delas é que para chegar a Laginha são precisos dois autocarros: um para chegar na praia e outro para entrar no mar. Esta dimensão é sublinhada por David Rocha ao afirmar que “a praia ficou enorme agora tem que ser aproveitada da melhor forma”.

A areia na praia ainda não convenceu mas com o tempo os mindelenses sentem que com uso vai melhorar. O pedido dos mindelenses vai no sentido de “com uma praia tao grande possa ser dinamizada com actividades todo o ano e não somente no verão”.

 

  1. José Manuel de Jesus

    Tanto melhor !!! Espero que tudo siga nos conformes como dantes. So se acostuma com seja o que for com o tempo.
    As piadas fazem parte do folclore e devem ser aceites moderadamente, sem insultos e sem os “à priori”

  2. Al

    e quanto a seguranca para as criancas tomarem banho? Nao ha perigo? Ha que se ter cuidado redobrado, pode-se considerar que o local ficou mais fundo com as escavacoes? Alguem que ja entrou na agua pode esclarecer-me este facto?

  3. nadadora

    Não só ficou mais fundo como a enseada que era antes e que significava proteção para os banhistas, especialmente crianças, deixou de existir, portanto, CUIDADOS REDOBRADOS! Os peixes que frequantam a doca, nomeadamente tubarões, já têm mais chances de fazerem uma visita furtiva a essa praia. Que Deus proteja a todos os banhistas dessa praia.

  4. Alceu Lamas

    PERIGOS? SEGURANÇA PARA CRIANÇAS? Da forma como esta preocupação é colocada, a gente imagina que o que queremos é enviar as crianças para dentro da agua e soltarmos livrementes para dentro do Caravela com uma cervejinha fresca a frente na maior descontra. Acontece que crianças, na PRAIA DE MAR, sabendo nadar ou não, têm que ser acompanhadas/VIGIADAS por um adulto e que também saiba nadar.

  5. Alceu Lamas

    Mais, qualquer criança na praia de mar, para aumentar a sua segurança é conveniente que o ADULTO lhe proporcione um artefacto (boia, colete) que, lhe facilite flutuar em caso de qualquer tombo ou brincadeira inesperada. Basta ir a Praça Nova, Parque Avenida, Disneylandia ou (…)para observarmos que os pais estão sempre em cima dos filhos, vigiando-os a cada segundo, a cada movimento. Tratando-se de uma PRAIA DE MAR, onde os fatores de riscos/imprevisões sobejamento por nós conhecidos porque será que pretendemos deixar as crianças a sua sorte?

  6. Alceu Lamas

    PARA OS PAIS – Para se ter a Nova Praia da Laginha de hoje, nenhuma escavação foi la realizada. A única intervenção sujeita, foi a alimentação da praia com areia dragada do interior da Bacia de Manobras do Porto Grande. De fato a zona de espraiamento ou linha de agua foi empurrada para zonas de maiores profundidades. A partir da linha da agua, para ou na agua, tendo em conta a dinâmica costeira, a areia é colocada naturalmente (trabalho das ondas) até atingir um declive suave e apropriado. Neste caso, tendo em conta que a areia dragada tem a mistura calcário, argila e outros compostos com propriedades agregantes/plasticidade, levará algum tempo para que o declive atinja a normal nesta situação. Para minimizar esta preocupação, foi abservado o trabalho de buldozers colocando grandes quantidades de areia na agua para acelerar o processo e minimizar as profundidades agora atingidas. Tive o prazer de assistir varias vezes que Topografos e Mergulhadores controlaram/monitorizaram o desenvolvimento dos trabalhos dentro da agua. Agora, nós frequentadores da Laginha queremos é que as Intituições envolvidas (IMP, Enapor), durante algum tempo, desenvolvam meios para monitorizar determinados aspetos sobre o comportamento da parte na agua, para que no futuro a nossa Laginha seja um dos maiores orgulhos mindelense.

  7. Diamantino Lopes

    O trabalho ficou espectacular, a praia ficou mais larga mais linda mais esqueceram das nossas crianças, deviam fazer uma piscina num local onde seria ideal para as nossas criança

  8. O trabalho ficou espectacular, a praia ficou mais larga mais linda mais esqueceram das nossas criancinhas, deveriam fazer uma piscina num local onde seria ideal para as nossas crianças

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.