Família de Alfredo diz: notícias falsas “quase matam o pai”

25/11/2013 00:03 - Modificado em 24/11/2013 22:30

Os familiares do cidadão Alfredo Bandeira, tripulante do navio Rotterdam, desaparecido a 8 de Setembro encontram-se revoltados com as falsas notícias sobre o paradeiro do navio e que indicavam que o Rotterdam estava em São Tomé e Príncipe.

 

A irmã Maria Francisca Bandeira sublinha que com as falsas notícias à volta do navio Rotterdam, o que se pretende é aumentar a angústia que assola os familiares de Alfredo.

A título de exemplo, a entrevistada afirma que com esta situação e com as falsas notícias, os problemas de saúde do pai de Alfredo estão a agravar-se dia a dia.

 

 

  1. Tchuna baby

    Bem, ja no te custmot ke criol, primer es te remessa pedra, depois es te pedi descula (conde es te pedi), neste caso vamos ver no que vai dar. Pa mi alguem de viva saude e que não telefona a familia a avisar algo esta a esconder…..

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.