A Capoeira existe, tirem as vendas dos olhos

25/11/2013 00:13 - Modificado em 24/11/2013 22:22
| Comentários fechados em A Capoeira existe, tirem as vendas dos olhos

Djé, Mestre da Escola de Capoeira no Mindelo revela que os onze anos de trabalho com a escola têm sido de luta e de muitas dificuldades. Entre os quais o encerramento do Club Náutico no mês de Junho, onde davam as aulas de Capoeira. A escola funciona no Hotel Porto Grande e com o apoio deste não fechou a escola por falta de espaço.

 

 

O Mestre de Capoeira alerta que a Escola Progresso tem feito um trabalho notório na sociedade mindelense. O mestre afirma que trabalham numa vertente educacional e social. Desta forma diz que “ as autoridades sabem que trabalhamos com projectos sociaIs, no qual ensinamos capoeira aos meninos em situação de risco”.

 

Sendo assim a capoeira contribui para menos delinquentes nas ruas, menos” caçubodistas”, menos crimes. Isto porque um dos objectivos da escola é trabalhar à favor da inclusão social.

 

 

 

 

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.