Falcões do Norte de Zé D´Angola conquistam Supertaça

24/11/2013 20:16 - Modificado em 24/11/2013 20:25
| Comentários fechados em Falcões do Norte de Zé D´Angola conquistam Supertaça

falcões e Supertaça_Os Falcões do Norte conquistaram a Supertaça de São Vicente 2013, ao derrotar CS Mindelense na marcação de grandes penalidades, depois de um empate a zero. Pela primeira vez, os Falcões do Norte, que este ano está sob ao comando do ex internacional cabo-verdiano, Zé D´ Angola arrecadam a Supertaça, num jogo onde travaram as intenções do CS Mindelense de alcançar mais um troféu em 2013.

O Estádio Adérito, na ilha de São Vicente acolheu o jogo entre CS Mindelense, campeão Regional, de Cabo Verde e da Taça, e o Falcões do Norte, finalista vencido. A equipa de Chã D´ Alecrim, vencedora da Taça de São Vicente em 2011 e 2012 chegou a sua terceira final consecutiva, mas acabou por perder o título de 2013 para os Leões da Rua da Praia.
Mas volvidos seis meses, o técnico Zé D´ Angola, acompanhado do seu staff e atletas vingaram a derrota e assim escreveram pela primeira vez o seu nome na lista dos vencedores da Supertaça de São Vicente.
Evidências

A história do jogo resume num CS Mindelense que dominou o jogo por completo, que teve mais bola, mas que foi perdulário na hora de finalizar. A equipa treinada por Bubista e que nesta nova época surge com várias novidades como: Vinha, Nenass, Lobo, Balakov, Ricardo, Deco, Sidney, Catchupa, Bada e Patchic, mas nenhum destes atletas conseguiram fazer a diferença.
Por seu lado, o Falcões do Norte montou da melhor forma o seu esquema defensivo que funcionou na perfeição e sempre que podia saia no contra-ataque por via de Kikas, Ivan, Guê e Charlly, apoiados por Saniculau, Dinny e Reny. De realçar que Ivan teve nos pés a melhor oportunidade dos Falcões, mas hesitou ao pensar que estava em fora de jogo e o guarda-redes Tol agradeceu o erro, quando tinha poucas hipóteses de levar de vencida a disputa de bola.
A título do exemplo da falta de pontaria dos jogadores do CS Mindelense para acertar no alvo destacam-se Fredso, Fufura, Lobo, Balakov, Cachupa e Sidney que numa boa jogada levou a bola ao poste para desespero dos adeptos e colegas.
Vencedor
Com o apito final do árbitro, o placar registou um nulo, por isso as duas equipas tiveram que lutar pelo título nos penaltis. Na lotaria, os Falcões do Norte foram mais eficazes e venceram por 4-3. Pela equipa de Chã de Alecrim marcaram o capitão, Tony, Kikas, Bem´s, Tchida, e viram o colega Stalin falhar.
E do lado do CS Mindelense que esteve durante o jogo com a pontaria desafinada, converteram os penaltis: Fredson, Djate e Nennas. Por sua vez Guga e Dukinha, o autor do golo que valeu a vitória na Taça sobre o seu adversário,  não conseguiram fazer a bola transpor a baliza a guarda do jovem Nanny que teve uma boa prestação em campo.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.