Desemprego assola pescadores

22/11/2013 01:09 - Modificado em 22/11/2013 01:09
| Comentários fechados em Desemprego assola pescadores

pescadoresA maioria dos pescadores no Tarrafal de Monte Trigo, ilha de Santo Antão encontra-se no desemprego. O presidente da Associação dos Pescadores do Tarrafal de Monte Trigo, Isaías Piores, estimou que quase 90% dos 80 pescadores existentes nessa zona estão no desemprego, situação que ele considera “alarmante”.

 

Com vista a atenuar a situação do desemprego no seio dos pescadores, a Associação dos Pescadores do Tarrafal de Monte Trigo, assegurou à Inforpress, que tem estado à procura de parceiros para adquirir um barco de pesca, mas, até agora, os vários contactos estabelecidos, nomeadamente com governantes e organizações não-governamentais se mostraram “infrutíferas, já que não apresentaram qualquer resultado”.

A Associação dos Pescadores do Tarrafal de Monte Trigo já abordou o Governo, através do secretário de Estado das Pescas, Adalberto Vieira, o Novo Banco, a Câmara Municipal do Porto Novo, a Comissão Regional de Parceiros (CRP) de Santo Antão, de entre outras instituições, mas “as reacções têm sido negativas”, recordou aquele responsável.

Além da embarcação de pesca, os pescadores do Tarrafal de Monte Trigo sonham também com uma máquina de produção de gelo para a conservação do pescado. Há alguns meses, o Governo anunciou a intenção de instalar uma unidade de tratamento, conservação e tratamento do pescado, bem como a construção de um pequeno cais de pesca no Tarrafal de Monte Trigo. Mas o certo é que estes projectos continuam sem sair do papel.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.