Investimento afecta lucro da CV Telecom

11/06/2012 00:04 - Modificado em 11/06/2012 00:04

O resultado líquido do grupo Cabo Verde Telecom (grupo CVT), uma participada da Portugal Telecom, desceu no ano passado 14% em termos homólogos, devido, segundo a empresa, ao reforço do investimento de 3,34 milhões de escudos (cerca de 30,3 milhões de euros).

Num comunicado de imprensa, divulgado após a Assembleia Geral da empresa participada da Portugal Telecom (PT), realizada quinta-feira na Cidade da Praia, a CV Telecom adianta ter fechado o ano com um crescimento de 2% no EBITDA (resultados operacionais antes de juros e amortizações).

“Apesar da envolvente extremamente exigente que os mercados internacionais atravessam, o Grupo CVT conseguiu resultados confortáveis e encorajadores em todos os domínios”, salienta-se no documento.

O grupo aumentou o número de postos de trabalho e a taxa de penetração em todos os serviços, reduziu “significativamente” os tarifários dos serviços de voz (fixa e móvel) e internet (fixa e móvel) e “acentuou” o volume de investimento no país.

Em 2011, e no que se refere à política de investimento, o grupo manteve a aposta no desenvolvimento das comunicações em Cabo Verde, através de “projectos inovadores” nas novas tecnologias de comunicação e capacitando melhor o país na sua infra-estruturação pública com o reforço da fibra óptica.

A CVTelecom dá como exemplo o segundo cabo submarino internacional (WACS), que entrou em funcionamento a 11 de Maio, um investimento de 25 milhões de dólares (20 milhões de euros) que permitiu colocar Cabo Verde entre os poucos países africanos com um sistema de redundância.

Por outro lado, estendeu o cabo submarino às ilhas do Fogo, Maio e Brava, num investimento de 911 mil contos (8,26 milhões de euros), e permitindo a interligação de todo o arquipélago numa única rede nacional de fibra óptica, com redundância.

A CV Móvel, por seu lado, venceu o concurso público para a atribuição de licenças 3G, contando com um envelope financeiro de 11,5 milhões de euros para alavancar um plano para o desenvolvimento da sociedade de informação local.

 

 

Oje.pt

  1. Atento

    “…ao reforço do investimento de 3,34 milhões de escudos (cerca de 30,3 milhões de euros).” – ERRO

    Sabendo que 1 euro é igual a 110,2651 escudos, 3,34 milhões de escudos não são cerca de 30,3 milhões de euros.

  2. Atento

    A Cvmóvel não venceu nenhum concurso. obteu uma melhor classificação na atribuição de duas licenças, Vocês são teimosos em querer descredibilizar as instituições Cabo-verdeanas.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.