Polícia Nacional apreende cerca de dois quilos e meio de “padjinha”

15/11/2013 00:49 - Modificado em 15/11/2013 08:57
| Comentários fechados em Polícia Nacional apreende cerca de dois quilos e meio de “padjinha”

padjinhaA Polícia Nacional apreendeu 2,3 quilogramas de “padjinha” e identificou um jovem que estava a cultivar essas plantas numa propriedade agrícola na cidade da Ribeira Grande, Santo Antão. Este online apurou que o caso ocorreu na localidade de Vista de Figueiral, nas imediações da zona de Corda e que durante as averiguações, as autoridades vieram a apurar que essa quantidade de estupefacientes seria destinada à venda.

 

No âmbito do programa “Policiamento de Proximidade”, desenvolvido junto das comunidades na cidade da Ribeira Grande, o Comando da Polícia Nacional recebeu uma denúncia que um jovem de 24 anos, de nome Aderson Delgado, residente em Fajã de Coculi estaria a aproveitar-se de uma propriedade agrícola de alguns familiares na zona de Vista de Figueiral para produzir estupefacientes.

Com as averiguações, as autoridades policiais vieram a comprovar os factos e, deste modo, requisitaram um mandado de detenção e apreensão junto das instâncias judiciais. Porém, com as diligências, a Polícia veio a descobrir que o suspeito encontrava-se internado no Hospital João Morais, na Ribeira Grande. Neste sentido, no dia 12 de Novembro, a PN realizou uma averiguação no terreno e acabou por fazer a apreensão de nove plantações de “padjinha” por um peso total de 2,3 quilogramas.

Este online apurou que o indivíduo assumiu a autoria de um crime de tráfico de estupefacientes, pelo que depois de deixar o hospital vai responder em Juízo Crime. O processo foi entregue ao Ministério Público para que realize as necessárias diligências para que o arguido seja punido de acordo com as normas jurídicas previstas na lei.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.