Fonartes: Arte nacional nas ruas do Mindelo

15/11/2013 00:46 - Modificado em 15/11/2013 08:48

A 3ª edição do Fórum Nacional de Artesanato, Fonartes 2013, realiza-se em São Vicente com o objectivo de reunir e promover o intercâmbio entre os artesãos de Cabo Verde. Nesta edição, uma das inovações foi colocar os artesãos nas diversas praças do Mindelo como forma de dinamizar a cidade.

 

Eneida revela que inicialmente não gostou do facto dos artesãos ficarem “separados”, contudo, após uns dias de exposição, declara que “a ideia foi bem concebida e o receio da não convivência com outros artesãos não se efectivou, porque encontramo-nos nas palestras e Workshops”. Ainda Eneida, que participa pela segunda vez na Fonartes, diz que é uma boa experiência e é uma forma de valorizar o artesanato nacional.

 

Os entrevistados concordam que a participação na Fonartes é importante, isto porque permite a troca do conhecimento das técnicas de cada artesão.

 

 

 

 

  1. Maurino C B Delgado

    É uma boa iniciativa. O Ministério da Cultura está a fazer um bom trabalho. Sou de opinião que se forem disponibilizados espaços apropriados aos artesãos para expor e vender o que produzem seria um passo importante para dinamizar o sector. Por exemplo: – Os espaços da FIC, nos períodos em que não há feiras e o pavilhão da Cooperativa de C. Simplicidade que qualquer dia fica em ruidas por abandono, não haviam de servir? As ex-Oficina da Cª Arca Verde? Edifícios escolares abandonados não podiam ser aproveitados? O edifício da ex-Administração pública recuperado, não dava um rico palácio de rendas, bordados e etc,? Um bom espaço onde os carpinteiros artesãos pudessem expor e vender os seus trabalhos, não dava um jeito ao desemprego?

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.