Mas protestos vão prosseguir

7/11/2013 00:05 - Modificado em 6/11/2013 23:08

martelo-juizOs 10 motoristas detidos na ilha de Boavista foram condenados pelo crime de desobediência por participarem na manifestação quando bloquearam o aceso ao Riu karamboa, na ilha da Boavista. Protestavam contra ummonopólio criado pelo direcção do hotel ao contratar uma empresa privada para assegurar o transporte de táxi dos clientes. Os motoristas foram ao pagamento de multas que vária dos sete aos 14 mil escudos.

 

Apesar de serem considerados culpados o sentimento é que os protestos valeram a pena e são para continuar. Para a RCV os responsáveis afirmam que já existe uma abertura por parte dos hotéis mas ainda não é o satisfatório. E acrescentam que “há uma necessidade de continuar a conversar” e estão esperançosos numa solução.

E esta esperança recai sobre o director geral do turismo que esperam que visite a ilha e possa ajudar a melhorar a situação. Estão convictos que merecem continuar a transportar turistas e esperam que leis possam ser criadas para garantir-lhes essa possibilidade.

 

 

 

  1. Maurino C. B. Delgad

    Sou solidário com a luta dos taxistas na ilha da Boavista. O governo posiciona-se sempre do lado dos grandes interesses económicos. O Governo não vai defender os nossos interesses. Temos que lutar para não sermos excluídos do processo de desenvolvimento da nossa terra. Apesar dos grandes investimentos na ilha do Sal e da Boavista e da prosperidade de alguns, verifica-se que os pequenos hotéis, residenciais, bares e restaurantes estão em crise, que se acentua com a abertura dos Hotéis all inclusive. Eles comem tudo e não deixam nada. É preciso mudar de política. Cabo Verde é de todos nós!

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.