Prédio que ruiu vai ser demolido por questões de segurança

7/11/2013 00:03 - Modificado em 6/11/2013 23:05
| Comentários fechados em Prédio que ruiu vai ser demolido por questões de segurança

edificio que derrocou em Tarrafal de São NicolauA perícia técnica realizada a um prédio de quatro pisos que no mês de Setembro desabou no Município de Tarrafal, São Nicolau, recomendou a demolição completa dos pisos superiores. É que em fracções de segundos, ruíram dois pisos, o segundo e o terceiro, provocando feridos ligeiros e danos materiais em residências no arredor e numa viatura que estava estacionada à frente da residência. A residência pode ser sujeita a demolição para garantir a segurança dos munícipes.

 

A Câmara Municipal de Tarrafal reuniu-se em sessão ordinária para analisar a situação e o relatório de peritagem feito ao edifício localizado nas imediações do Centro Cultural Paulino Vieira. O Executivo discorreu sobre as páginas do relatório, bem como analisou as considerações da equipa técnica. E por ser um trabalho meramente técnico, entendeu absorver todas as sugestões, considerações e recomendações na sequência do acidente.

Segundo a equipa técnica que realizou as averiguações “importa realçar que a equipa de peritagem recomenda a demolição completa de todos os andares superiores, mantendo apenas o rés-do-chão que, entretanto, não deverá ter qualquer finalidade de uso. Qualquer intenção de aumento futuro em altura não deve ser permitida”.

Os técnicos asseguraram que a edilidade pode admitir uma autorização, em caso de “construção de um edifício de raiz” obedecendo a novos projectos de arquitectura e especialidades de engenharia. A comissão de peritagem conclui que o colapso parcial do prédio deveu-se à ocorrência da não conformidades e incumprimento da lei.

 

Autarquia

Durante a reunião, o Executivo entendeu que se deveria dar conhecimento do relatório da peritagem ao proprietário do edifício colapsado, ao Gabinete Técnico e ao Ministério Público.

Sobre este assunto, a Câmara Municipal evita, por agora, emitir quaisquer comentários mas admite proceder em conformidade com as recomendações da equipa técnica e tudo irá fazer no sentido de apetrechar o Gabinete Técnico e de Fiscalização para evitar situações como aquela que poderia ter causado prejuízos incalculáveis.

 

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.