Assaltos: Taxistas do Mindelo são um alvo fácil

4/11/2013 00:16 - Modificado em 4/11/2013 00:16

Taxi1No Mindelo os taxistas são um alvo fácil para os assaltantes. Transportar passageiros à noite tornou-se numa roleta russa: não se sabe quando é que um assaltante entra no carro.

 

Os taxistas na ilha de São Vicente vêm reclamando do mercado de trabalho: muitos táxis por turnos de trabalho, concorrência desleal dos transportes turísticos, preço dos combustíveis sempre a subir e a insegurança fazem parte do roteiro de reclamações. Jorge explica o porquê dessa situação “não se sabe a quem estamos a prestar serviço”. João considera que os taxistas da cidade do Mindelo transformaram-se num alvo fácil para os indivíduos que praticam actos ilícitos na ilha, bem como para os “caçubodistas”. Este taxista afirma que tem de carregar todos os passageiros porque tem de apresentar os resultados ao patrão. “Se você é patrão escolhe quem transporta e, se não for, tem de apanhar todos os clientes que accionarem os teus serviços”.

Por seu lado, Pedro explica que já foi vítima de um “caçubody” perpetrado por dois indivíduos, armados com facas que lhe roubaram o telemóvel de serviço e mais três mil escudos. Já, Adérito escapou de uma tentativa de assalto, quando lhe colocaram dois contentores na estrada de acesso a Cruz João Évora. Mas acrescenta que “tive prejuízos com o carro, pois na tentativa de fugir ao assalto cheguei a embater num dos contentores”.

Este online sabe que existem taxistas que estão preocupados com a situação de insegurança e que a Polícia Nacional está a par da questão. Por outro lado há quem defenda que “continuamos a trabalhar desprotegidos e com receio de recorrer às armas e gases para não nos envolvermos em problemas com a Polícia”. Mas apelam para que medidas sejam tomadas para protegerem a integridade física e profissional dos taxistas.

  1. Mindelense

    “Por outro lado há quem defenda que “continuamos a trabalhar desprotegidos e com receio de recorrer às armas e gases para não nos envolvermos em problemas com a Polícia” – Este trecho da matéria espelha o país e a sociedade que vivemos, onde as pessoas que produzem, contribuem para o avanço do país, os bandidos são protegidos. Imaginem, você tenta preservar a sua vida, porque é de você que o país precisa, se ripostar contra a banditagem e os parasitas, você é que julgado pelos tribunais!

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.