Trabalhadores do FDP não vão ser recolocados: Sindicato acusa ministra de faltar á palavra dada

31/10/2013 00:30 - Modificado em 31/10/2013 00:30

Fundo Des PescasEm declarações a RCV o SIMITEC acusou a Ministra das Infra –estruturas e economia Marítima, Sara Lopes , de faltar á palavra dada aos funcionários do Fundo de Desenvolvimento das Pescas. O sindicato filiado na UNTC /S diz que ficou surpreendido com o anúncio da Ministra das Infra –estruturas e economia Marítima que os trabalhadores do Fundo de Desenvolvimento das Pescas não vão ser recolocados em outros serviços e empresas , após a extinção do Fundo .Isto porque era publico que a ministra tinha prometido as trabalhadores do FDP que depois da extinção da instituição seriam colocados em outras empresas e instituições do Estado.

Para o SIMETEC os trabalhadores do FDP estão a ser descriminados em relação a outros instituições extintas pelo Governo em que trabalhadores foram recolocados . Por isso pedem a ministra que cumpra com a palavra dada para evitar o desemprego desses chefes de família.

 

  1. Ya

    È ne a toa que lugar se nome é FDP, se é que me entendem

  2. antónio dos santos

    Mas estavam a espera de serem recolocados? meus Deus que inocentes!…àquilo – o encerramento do FDP – foi para penalizar o Graciano pela sua rebeldia, tal como fizeram o João do Carmo. Isto é: ôlho da rua para quem pensar ou agir contra o chefe. Chefe é chefe e pior se tiver o nome de Baptismo de JMN. No MPD ainda se tolera esses atrevimentos, mas nós os camaradas.. nem foche!.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.