BIC investiga proveniência do ferro vendido em São Vicente

8/06/2012 09:10 - Modificado em 8/06/2012 09:10

A candonga do ferro na ilha de São Vicente está a preocupar as autoridades policiais. A procura desse metal por parte de indivíduos da costa africana está a estimular uma onda de assaltos na ilha. Segundo o que apuramos a BIC está a realizar uma triagem com os vendedores para saber a proveniência dos materiais.

 

O NN apurou que o roubo de materiais para alimentar a candonga do ferro aumentou nos últimos meses em São Vicente. A situação tem preocupado as autoridades policiais que estão a munir-se de estratégias para combater este negócio de ferro destinado a exportação.

A falta de uma legislação para controlar a candonga do ferro faz com que alguns indivíduos assaltem residências e armazéns em busca de desse metal  para depois venderem. Para contornar as irregularidades no negócio a Polícia Nacional, através da Brigada Investigação Criminal, criou um plano para controlar as pessoas, os camiões e carrinhas de caixa aberta que se  dirigem ao Porto Grande para fazer a pesagem dos materiais.

Segundo o que apuramos no Porto Grande há um espaço onde fazem a pesagem do ferro, que posteriormente é vendido aos compradores. Neste sentido a BIC encaminha os vendedores ao Comando da Polícia Nacional a fim de conhecer a proveniência do metal. Nos casos em que detectam ser proveniente de acto ilícito apreendem o material.

O NN sabe que a BIC deteve um cidadão nigeriano na posse de 80 kg de ferro avaliados em 25 mil escudos roubados no quintal de uma residência. Recorde-se que também foram detidos seis indivíduos envolvidos num roubo de peças de carros e outros metais, num armazém da Stand Moderno, na Ribeira de Julião.

  1. Seara

    Culpado é o Governo que concede vistos a imigrantes sem condiçoes economicas para virem viver em Cabo VErde.

  2. DC

    Culpados são aqueles que sem medir os prós e contras assinaram os dispositivos de livre circulação c/ a CEDEAO

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.