Augusto Neves chama Alcides Graça de “vira-casaca”

28/10/2013 00:03 - Modificado em 27/10/2013 22:48

augusto neves nomeaçãoNeves chamou Alcides de “vira-casaca” e explicou: “é o senhor deputado como advogado que defende empresários com interesse na compra de grandes lotes de terrenos e que o querem fazer pela via política

 

Na última sessão da Assembleia Municipal convocada para que o executivo camarário prestasse esclarecimentos sobre a “venda de grandes quantidades de terreno, o caldo entornou-se entre o Presidente da CMSV e o líder local do PAICV. Augusto Neves não gostou que Graça o tivesse acusado de “fazer negócios de conveniência” com a venda de terrenos e chamou-o de “idiota, palhaço, mentiroso”. Isto perante os protestos do deputado municipal que pediu a intervenção da presidente da AM contra “ofensas à honra”.Graça lamentou que a Presidente da AM tenha deixado que fosse “atacado na sua honra”. Por isso, pediu a Neves que parasse “senão, também serei obrigado a desrespeitá-lo”. E assim o caldo estava entornado com a Presidente da AM a assistir e a alegar que “ não podia adivinhar o que os oradores iam dizer”

Mas Neves continuou e chamou Alcides de “vira-casaca” e explicou: “é o senhor deputado como advogado que defende empresários com interesse na compra de grandes lotes de terrenos e que o querem fazer pela via política”. Lembrou a participação do advogado na compra do terreno do investimento turístico de Jon d’Ebra. E continuou a justificar revelando que “o seu gabinete jurídico dá um parecer a dizer que pertence ao órgão da Câmara, mediante a aprovação da AM, decidir as vendas e agora vem dizer outra coisa”. O presidente da CMSV conclui afirmando “a mimninguém me acusa de ilegalidades. Não tenho rabo-de-palha”.

 

Quem vendeu grandes lotes de terreno?

 

Quanto à venda de grandes lotes de terreno, o presidente da CMSV, estranha que o deputado não tenha dito nada sobre a venda pelo governo de 1 milhão e 800 mil metros quadrados na Praia Carga, de 940 mil metros em São Pedro, de 270 mil em Jon d’Ebra, de 55 mil em Santo André.

Para o presidente, “isso sim são grandes quantidades de terreno que foram vendidos”.

 

  1. fernando fortes

    O Augusto não tem dinheiro,gere uma Câmara sufocada e por cima tem falta de nível.
    Compreende-se porque é que o Ulisses não podia pôr um pobre desgraçado como esse com vice -presidente do partido.Pobre sina de S.Vicente, em ter um tipo desses na Câmara.
    Acho que o Alcides tem classe para desmontar a argumentação baixa e hipocrita desse pobre presidente.Triste sina-Faria,Isaura e Augusto=morte de S.Vicente.
    Que saudades do Onésimo.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.