Suspeitos dos atentados de 11 de Setembro vão ser julgados em Guantánamo

5/04/2012 15:53 - Modificado em 5/04/2012 15:53
| Comentários fechados em Suspeitos dos atentados de 11 de Setembro vão ser julgados em Guantánamo

Khalid Sheikh Mohammed, acusado de ser o cérebro dos atentados de 11 de Setembro de 2001, e quatro outros suspeitos vão ser julgados em tribunal militar e a acusação vai pedir pena de morte, anunciou nesta quarta-feira o Pentágono.

Os cinco homens “são acusados de ser responsáveis pela preparação e execução” dos atentados de 11 de Setembro de 2011 em Nova Iorque, Washington e na Pensilvânia em que morreram 2976 pessoas, adiantou o Pentágono em comunicado. “Poderão ser condenados à pena de morte se forem considerados culpados.”

O kuwaitiano Khalid Sheikh Mohammed, o iemenita Ramzi Binalshibh, o paquistanês Ali Abd al-Aziz Ali e os sauditas Waleed bin Attash e Mustafa Ahmad al-Hawsawi deverão comparecer nos próximos 30 dias perante um tribunal militar de excepção na base militar norte-americana de Guantánamo para serem formalmente acusados, mas o julgamento só deverá começar daqui a alguns meses.

A Administração de Barack Obama defendeu inicialmente que o principal suspeito pelos atentados de 11 de Setembro fosse julgado num tribunal civil em Manhattan, mas a oposição republicana no Congresso bloqueou a transferência de Khalid Sheikh Mohammed. Os cinco acusados serão agora julgados por um tribunal militar criado após os atentados pelo ex-Presidente George W. Bush, no qual Obama introduziu algumas mudanças para melhorar o acesso à defesa e as condições da detenção.

Os suspeitos são acusados por terrorismo, conspiração, desvio de aviões e homicídios. Khalid Sheikh Mohammed foi detido no Paquistão em 2003 e está desde 2006 em Guantánamo, onde disse ter sido torturado. Documentos da CIA divulgaram posteriormente que foi submetido 183 vezes a simulação de afogamento.

 

 

 

 

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.