Carros abandonados na via pública: as ratoeiras mortais que só a Policia de Trânsito não vê

8/06/2012 09:04 - Modificado em 8/06/2012 09:04

Não chega a ser uma novidade que na via pública no Mindelo cada um faz o que lhe dá na cabeça, como se a via pública fosse o quintal da sua casa. Mas, pior é que quem devia fiscalizar, não fiscaliza. E não raras vezes quando são informados das transgressões não agem. O caso do camião estacionado na estrada do aeroporto foi apenas mais um caso de “deixar andar”. Só que dessa vez, infelizmente, com consequências mortais. Mas em várias ruas de Mindelo o NN encontrou camiões estacionados na via e sem a devida sinalização.

 

No Alto de São Nicolau, junto do local onde estava situada a farmácia Mindelo, existe um camião estacionado há mais de um mês e que ocupa quase metade da estrada. Os moradores afirmam que o camião esta la há mais de um mês e constituí um perigo para os condutores que passam nesta rua e para os motoristas. Nelson Fortes diz que os transgressores não imaginam o perigo que constituem os carros mal estacionados ou os que estão abandonados na via pública “Qualquer descuido pode ser fatal e é por isso que as vias precisam estar abertas e sem nenhum tipo de obstáculo”

Quanto a carros mal estacionados ou lugares perigosos existem vários locais na cidade que são ratoeiras para condutores, principalmente para os que não conhecem a cidade e os seus perigos, Na avenida atrás da escola Jorge Barbosa, logo a seguir a curva no sentido de quem vem da Fonte de Meio, existem carros sempre mal estacionados. Primeiro porque não respeitam o espaço que deve ser deixado antes da curva e os carros ao entrarem nessa curva ficam em cima dos que estão mal estacionados. Em segundo lugar esses caros ficam parados em cima do passeio, com isso obrigam as pessoas a irem para a via. Em matérias anteriores neste jornal se escreveu do perigo que aquele cruzamento representa para os condutores e peões. Os condutores dizem que sempre que passam por esta avenida os carros estão lá. E pudemos verificar que os condutores são obrigados a andar na via contraria para poderem passar.

Junto ao quartel dos bombeiros, onde a via devia estar livre para não atrapalhar a movimentação das viaturas dos bombeiros, fomos encontrar vários carros estacionados no lado oposto do quartel o que obriga os carros a andar em via contrária.

Não muito longe deste local a visibilidade e os estacionamentos deixa preocupado os condutores. Na descida antes de entrar na Praça Estrela vinda do aeroporto é complicada para os motoristas. Domingos Delgado explica que antes de entrar na descida a visibilidade não é a melhor e se no caso de ter algum carro estacionado logo na entrada da descida fica complicado.

Os condutores exigem que a policia faça um trabalho de identificação de carros que põem em perigo os condutores de forma que as vias possam ser desimpedidas e o perigo eliminado. Contactamos os responsáveis da Policia de Trânsito para lhes confrontar com as situações descritas, mas não estavam disponíveis. Voltaremos a tentar.

  1. NN

    E por acaso ja tiveram a oportunidade de observarem os carros do chefe da policia e outros estacionados em frente do comando da policia. para quem vem da rua logo a seguir nao tem visibilidade nenhuma. mas sera q mesmo esses policias tem visao de tunel. sao todos analfabetos e sem postura nenhuma eeses gajos. e o pais de m…. em q vivemos. .

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.